Software livre para automação de bibliotecas: PMB em português do Brasil

O PMB é, dentre os softwares de automação de bibliotecas que não exigem muito do servidor, o mais completo. É uma boa alternativa para pequenos acervos, sejam acervos pessoais ou pequenas bibliotecas de instituições.

Suas principais características são:

- Impressão de etiquetas e fichas (sim, ainda existem catálogos de fichas)
- Uso do padrão Z39-50
- Baseado na WEB. Gerenciamento pode ser feito em qualquer micro.
- Controle de empréstimos.
- Grande possibilidade de customização. Incluindo o acesso livre ao código para implementar funcionalidades específicas.

Está disponível no RABCI a versão 0.001 da tradução em português do Brasil Grumpy Old Men psp Eyes Wide Shut movie

que está baseado na versão 3.2.6 do PMB. É uma tradução apenas da interface, mas já é possível utilizar com segurança o software.

Quer experimentar?

Conheça a versão instalada no servidor: http://rabci.org/pmb/index.php
Usuário: demo
Senha: demo

23 opiniões sobre “Software livre para automação de bibliotecas: PMB em português do Brasil”

  1. Olá Tiago, Moreno e amigos,

    acabei de dar uma fuçadinha básica neste software e gostei muito!
    Com relação as características, essa informação é do próprio desenvolvedor?

  2. oi tudo bem, é o seguinte tava prpocurando programas para a biblioteca do ponto de cultura onde trabalho e achei o site de vocês… se não for até baixei o pmb mas uso o windows e daí estava procurando um softwere para essa plataforma, vocês teriam alguma indicação?

  3. Sou professor coordenador de uma escola estadual e estou necessitando com urgencia de um programa especial para organizar a biblioteca de minha escola. Será que vcs podem me ajudar?

    1. Olá Pedro, você vai organizar uma biblioteca na escola ou é simplesmente uma sala de leitura? Porque se for Biblioteca você precisa contratar um bibliotecário formado, caso Sala de leitura um técnico resolve. Só não vale colocar um professor aposentado ou uma secretária pra ficar “olhando” os livros, pois isso já seria desvio de função e um crime segundo a lei que regulamenta nossa profissão.

  4. Ola, Amigos.sou professor de uma escola estadual e estou organizando nossa biblioteca e gostaria de informações para faciltar essa tarefa.
    ps: não temos recursos financeiros.

    1. Anísio, bom dia! Nao sei de onde voce é, mas gostaria de te colocar em contato com uma organização que desenvolveu um projeto para a organização de bibliotecas escolares. Especificamente voltado para a área de literatura de ficção e poesia. Mas pode ser adequado para toda a biblioteca. É preciso compreender que são dois processos articulados: automação e organização do acervo. Desta forma, escolher um software tem que estar no bojo de uma reflexão mais ampla.
      Agora de qualquer maneira, é fundamental pensar num soft livre.
      o endereço da ong é bagulhadores@yahoo.com.br – você pode contatar Ana Escurra e dizer que fui eu quem te passou a informação.
      Fico à disposição para continuar essa conversa.
      Abraços
      Cida Fernandez
      biblioteconomista
      coordenadora executiva
      Centro de Cultura Luiz
      Freire

  5. Olá amigos, gosto muito deste site. Preciso de ajuda, alguém conhece o software OPENBIBLIO? preciso fazer um trabalho e não acho quem o use. SOCORRO. Muito obrigada.

  6. Olá! Comecei agora a trabalhar com o PMB. Será que alguém sabe para onde vão as cópias de segurança? Obrigada.

  7. Olá! Trabalho com o PMB, mas não consigo obter dados estatísticos por meio dele. É possível ter dados estatísticos pelo PMB? Alguém saberia me informar algo a respeito?
    Obrigado.

  8. Olá Anisio Mourão, boa noite, em primeiro lugar aconselho que procure um profissional habilitado em organização de biblioteca, que logicamente é um bibliotecário, que tpaga conselho e associação de classe, pela sua informação o senhor é professor, portanto, suas atribuições não inclui organizar biblioteca.

    1. Caro Jorge, sou bibliotecária, formada e com 20 anos de pesquisa em classificação e organização de acervos de bibliotecas comunitárias, escolares e públicas, articulado à sua função social – atuando em campo.
      Acho que essa premissa de que tem que sr. bibliotecário para estar e cuidar da biblioteca escolar, é perigosa, por duas questões simples:
      1. nossas universidades nao formam profissionais com condições de atuar com segurança nesses espaços – o foco das academias está muito na tecnologia e na gestão da informação – seu uso social e o desenvolvimento humano passam ao largo disso. Além disso, mesmo se formassem, não formariam em numero suficiente para cobrir toda a necessidade social desse profissional. Acredito que nosso papel enquanto profissionais bibliotecários e bibliotecárias é sim facilitar os processos de apropriação sobre o fazer bibliotecário de modo a radicalizar a democracia cultural neste país. Nosso papel hoje, nesta panacéia chamada mundo, é, mais do que nunca, contribuir para a transformação social.
      2. Se formássemos profissionais em número e competência para essa atuação, ainda precisaremos construir o valor necessário à essa área para que haja investimentos adequados para a contratação desses profissionais, em condições decentes de atuação.
      Para concluir, nós bibliotecários e bibliotecárias temos que nos ver hoje muito além do que um técnico que precisa um espaço no mercado de trabalho. Somos profissionais que devemos desenvolver a competência da gestão da informação e da administração de sua arquitetura, para que cada leitor/a, cada usuário/a, seja na Petrobrás ou na vila Tabajara, tenham o seu direito à informação e cultura respeitados. Aliás, acho que devemos investir muito mais na vila Tabajara do que na Petrobras, até para que a Petrobras distribua sua riqueza nas milhares de vilas tabajaras deste país.
      att
      Cida Fernandez
      biblioteconomista
      pesquisadora
      coordenadora executiva do Centro de Cultura Luiz Freire – Olinda, PE
      Uma organização de DH que defende o direito à leitura como uma dimensão da qualidade da educação pública, portanto um direito humano irrefutável!

  9. Olá, estou procurando um software para instalar numa biblioteca que possui dos acervos, uma parte do acervo é pertence a uma biblioteca toda automatizada e a outra parte do acervo pertence a outra sem atomação, o que torna difícil o empréstimos dos materias no sistema, qual ajuda será bem vinda.

  10. Olá Tiago,
    Sou bibliotecária e uma professora soliciou que organizasse sua biblioteca pessoal. Conheces e recomendas algum software gratuíto e seguro para este tipo de biblioteca? Obrigada

  11. Olá!

    Sou bibliotecária especialista em GED/ECM, na empresa na qual trabalho usamos o Repositório ECM Alfresco, vcs saberiam se existe algum software free que seja no padrão do Alfresco, não precisa ter todas as funcionalidades.

    Obrigada!

  12. Olá!
    Sou bibliotecária.Estou procurando um software gratis para instalar numa biblioteca que possui acervo com publicacões técnicas, o que torna difícil o empréstimos dos materias no , qual ajuda que posso ter de vcs as informações seram bem vinda.
    Obrigada.

  13. Olá, procuro por um software que além de acervo de livros e cadastro de usuários também faça a venda de livros e recebimento de doações em R$. Faço trabalho voluntário em uma instituição e recebemos as doações na biblioteca, se for free, será melhor ainda…Obrigada!

  14. Olá Tiago gostaria de ter este software, trabalho em uma ONG e temos um ponto de leitura uma biblioteca com 300 títulos, você poderia me passar o link.
    abraços Obrigado

Deixe uma resposta