Biblioteca de São Paulo – Carandiru

Para quem procurou pela biblioteca no google e caiu aqui, a Biblioteca de São Paulo fica localizada na Av. Cruzeiro do Sul, 2630, no bairro Santana, ao lado da estação Carandiru do metrô. veja o mapa

Funciona de terça a sexta das 9 às 21 horas. Sábados, Domingos e Feriados das 9 às 19 horas.

O telefone da biblioteca é (11) 2089-0800

A biblioteca possui um site oficial, um blog oficial, album de fotos no flickr e uma página no facebook.

——-

Acabou de cair várias lágrimas de emoção vendo estas fotos. Nem preciso explicar.

Design. Ahhh, o design.

biblioteca são paulo carandiru

biblioteca são paulo carandiru

biblioteca são paulo carandiru

biblioteca de são paulo carandiru

biblioteca de são paulo carandiru

biblioteca de são paulo

Estas e outras fotos estão no flickr oficial da BSP

Texto da Folha:

Novo espaço cultural da zona norte de SP começa adaptado para pessoas com deficiência e se aproxima do conceito das grandes livrarias para atrair leitores

No próximo dia 8, a capital paulista ganhará um novo espaço de cultura: a Biblioteca de São Paulo. Instalada no parque da Juventude, na área da antiga Casa de Detenção do Carandiru, a nova biblioteca pública se inspirou no conceito das grandes livrarias da cidade para conquistar seus leitores.

“A ideia é que ela pareça uma “megastore” pública”, explica o Secretário de Estado da Cultura de São Paulo, João Sayad. “Ela deve ter tudo aquilo que essas lojas oferecem, mas estará aberta para atender a todos.”

A biblioteca custou cerca de R$ 12,5 milhões (R$ 10 milhões do Estado e R$ 2,5 milhões do Ministério da Cultura). E, para atrair seus futuros usuários, não investiu apenas no acrevo de 30 mil livros.

Estratégia de sedução

A Biblioteca de São Paulo dedica grande parte de seus 4.200 m2 aos mais jovens. Todo o andar térreo está divido em alas para três faixas etárias: de zero a três anos, de quatro a 11 anos e de 12 a 17 anos. Ali, poltronas coloridas e pufes dividem espaço com estantes baixas -projetadas sob medida- nas quais livros, discos e filmes ficam misturados e expostos diretamente ao público.

Também estarão à disposição cem computadores, com livre acesso à internet, dezenas de jogos eletrônicos e um aparelho Kindle, o livro digital da Amazon. “É uma tentativa de atrair o não leitor”, afirma Sayad. “Se o hábito de ler voltar a ser moda algum dia, podemos fazer uma biblioteca escura, austera. Hoje, para conquistar o público de não leitores, ela precisa ser assim.”

O esforço para seduzir os frequentadores pautou a escolha do espaço -próximo ao metrô- e o projeto arquitetônico, que contemplou um café, uma varanda com espaço para shows e saraus e um auditório.

“Teremos uma programação de cursos e oficinas, voltada inclusive para temas que não estão ligados à literatura, como o grafite”, conta a diretora da biblioteca, Magda Montenegro.

Ela também promete um horário expandido de atendimento – até as 21h de segunda a sexta, e até as 17h, aos sábados, domingos e feriados. “Não dá para fechar na mesma hora da repartição pública. A intenção é que as pessoas venham para cá depois do trabalho”, afirma.

via

biblioteca são paulo carandiru

Send to Kindle

103 opiniões sobre “Biblioteca de São Paulo – Carandiru”

    1. Oi Bibliotecários, antes de tudo agradeço e parabenizo o trabalho de vocês. Estive nessa nova biblioteca e, como leitora, achei maravilhoso o espaço. Também torço para que os governos (esse, e todos os próximos de qualquer partido que venha) continuem dando atenção e manutenção. E que inaugurem o café, hehe!

      1. Olá!
        Bom em primeiro lugar eu gostaria de parabenizar a todos que fazem essabiblioteca funciionar,eu tambpem já fui aí e gotei muito,pois é tudo muito arrumado,tem espaço,e é tudo muito queto,o que é bom!

    1. Que comentário ridículo. Tipico paulistano babaca que não tem noção de mundo. Pessoas como você não tem noção do que é brasileiro.

      1. eu não acredito que a pessoa disse, não eh no Brasil é em São Paulo….
        só me diz uma coisa São paulo não fica no Brasil !!! ou estou enganada…

  1. porra, mano, afudê! é aquela velha história: mais bibliotecas, menos carandirus…

    enquanto minha terra gasta quase 5 milhões com uma árvore de natal ridídula, que já nem existe mais, e com cachê para uma cochuda do caralho – lá na zona, há coisa muito melhor e o preço é bem mais em conta… enfim, e não temos uma biblioteca decente.
    uma ressalva: são paulo é sim no brasil – espero que a nova biblioteca seja à prova de enchentes…

  2. Realmente é muito linda!

    Todavia espero que essa iniciativa não seja apenas para um cartão postal da cidade de São Paulo, pois investe-se tanto em uma biblioteca, enquanto outras continuam perecendo, como é o caso da “Mario de Andrade” e muitas outras bibliotecas municipais do estado.

    1. Estou me formando em biblioteconomia e achei essa biblioteca tudo q Há simplismente MARAVILHOSA amei,barbaro, estou deslumbrado.

  3. Estou feliz e esperançosa quanto a essa biblioteca, que inclusive fica perto da minha casa. Graças a Deus um bom investimento para a zona norte.

  4. Fico feliz que a Biblioteca de São Paulo tenha se viabilizado! Desde 2008 ela é prometida e agora saiu!
    Não vejo a hora de aparecer por lá!

    Só quero dizer que em março a área de empréstimos da Biblioteca Mário de Andrade será reaberta, não tão avançada como a BSP, com menos best-sellers adianto, mas com um conceito de seleção um pouco mais criterioso (aberto para correções e progressos!)
    Maria Alice, trabalho na BMA com outros colegas e posso te dizer que o problema dela era tão grande que sua recuperação não é fácil. Mas algumas ações estão sendo feitas para estancar o processo de degradação do acervo e não menos importante dos serviços prestados por ela.
    Abs,
    W.

  5. Infelizmente ainda não li quase nada sobre o assunto, mas que ideia de gabarito internacional!!!!!
    Parece que nos encaminhamo, com obstaculos é claro, com muita esperança ainda em nosso povo, a um futuro legal!!

  6. Caros, estive hoje na inauguração e a biblioteca é mesmo um sonho, uma mega produção e parece ser bem eficiente em termos de conforto, sobretudo, à questão de acessibilidade e formação de leitores, quem sabe um dia protagonistas (categoria para além de meros usuários, o que já é bom diante do nosso contexto).
    Torço, sinceramente, que não seja abandonada pelo poder público – porque convenhamos, o discurso dos políticos presentes foi para lá de eleitoreiro, dispensáveis como todo politiqueiro é.
    Claro que nem tudo são flores, o olhar de bibliocária não deixou de notar que a maior parte do acervo ainda requer processamento técnico, não há só livros novíssimos (deu para reparar que a pressa para inaugurar motivou isto, mas sou do partido de simplificar e disponibilizar os materiais quando antes). Bom, a sala de livros “pôrnos” é um marketing interessante, mas na prática não é chocante nem diferente do que há em qualquer outra biblioteca e livraria.
    Enfim, só pelo design, boas intenções e boa formação dos atendentes (interdisciplinaridade total) e equipamentos avançadíssimos já vale a visita.
    Sem me alongar, espero que perpetue. Vale lembrar que nos últimos anos as BPs na cidade de SP já têm melhorado muito e logo haverá novas re-inaugurações, estas sim dão muito trabalho!

    Abraços,
    Elisangela Alves

  7. PARABÉNS SÃO PAULO, QUE BELO PRESENTE PELA PASSAGENS DO SEU 456°ANIVERSÁRIO!
    COMO PAULISTANA, GOSTARIA DE PRESENTEAR A NOVA BIBLIOTECA COM UM EXEMPLAR DO LIVRO DE CRÔNICAS DE MINHA AUTORIA: “SAIA JUSTA NO CASAMENTO”.

  8. Nossa, gostei muito a cidade de são paulo necessita de construções e reformas como essa feita no antigo carandiru , parabens a todos que participaram dessa arquitetura e planos organizacionais para que essa construção cultural venha a ser um reflexo do que a cidade de são paulo merece!!!

  9. que maravilha de estrutura não é? espero que essa biblioteca sirva de exemplo e que seja copiado para outras cidades desse país…

  10. Linda! Quero saber quem foi o arquiteto/designer. Podiam publicar em livro ou artigo como foi a construção da biblioteca: reforma do prédio, decoração, formação do acervo, espaço para necessidades especiais. Conta pra nós, colegas!

  11. Adoreeeeeeeeei!!!

    Aproveitem vocês que moram em SP,
    sou de Manaus, um dia dou uma passada por essa maravilhosa biblioteca.. :P

  12. Não sei se já leram:
    Biblioteca classe C (Artigo)
    Folha de S. Paulo – SP, Opinião, em 09/02/2010
    [Disponível em http://bit.ly/d5QsEW

    Onde funcionava o extinto Carandiru, aquele monumento à barbárie, existe agora a Biblioteca de São Paulo. Foi inaugurada no Parque da Juventude, na zona norte. É um marco histórico.

    A cerimônia estava prevista para o meio-dia. Quando o governador José Serra chegou, já eram quase duas da tarde. Fernando Henrique Cardoso, que foi pontual, tinha ido embora. O atraso e o desencontro dos dois sugerem algo. Com imaginação, pode-se tomá-los como metáfora da campanha que se inicia.

    Os tucanos são um saco de gatos, disse um convidado. De raça, siameses, emendou outro. Havia, de fato, muito tucano com ares aristocráticos na festa. E entre eles, como um personagem de Woody Allen, o senador Eduardo Suplicy. Mas parecia em casa. É menos um petista do que um radical livre, uma figura fashion do progressismo paulista.

    Fiquemos com a biblioteca. O secretário da Cultura, João Sayad, foi o primeiro a dizer que o acervo inicial, de 30 mil volumes, é bastante reduzido. A Mário de Andrade, a maior da cidade, fundada em 1925, reúne mais de 3,3 milhões. Atualmente está fechada, em reforma.

    O novo espaço, porém, foi concebido menos para atender à demanda de estudo e pesquisa e mais como isca para a leitura. Seu alvo prioritário não é o público universitário. Best-sellers, lançamentos, revistas, ambiente arejado, pufs coloridos, atrações para crianças, acessibilidade, bibliotecários que devem atuar como vendedores -esse é o espírito que orienta a biblioteca, uma megastore de livros gratuitos.

    Sayad -que não é tucano nem petista, mas transita entre os dois mundos- não usou a expressão, mas sua obra pretende fisgar a “classe C cultural”. A maior dificuldade, ele disse, foi resistir às dicas dos “especialistas” (os intelectuais).

    Somos um país em que a maioria do povo não lê, mal sabe escrever e ignora o que seja uma boa escola. A nova biblioteca não deixa de ser um sintoma da vingança do Brasil de Lula contra a profecia de Oswald de Andrade: a massa quer biscoito. Quem gosta de coisa fina é tucano.

  13. Da vontade de morar nela, isso sim!! Linda, colorida, da vontade de entrar e não sair mais, ahaha! Parece um pouco inacreditavel que no nosso país tenha uma biblioteca neste estilo(rompendo com todo o tradicionalismo fisico de uma biblioteca – sem cor e igual), com essa qualidade e diversidade de obras. Pode até transformar e ampliar a quantidade de leitores que existem no nosso pais, ou somente em SP… Da pra chorar, se lambuzar de tanto ficar olhando ela mesmo!

  14. Fui hoje visitar a biblioteca. De primeira vista é realmente uma biblioteca encantadora e com um ótimo potencial de visitas (o metrô é muito perto). Ainda dá para perceber que eles estão se ajeitando, alguns livros novos não estão no sistema e não podem ser emprestados, os atendentes ainda não conhecem a biblioteca, mas tem super boa vontade. O que me chateou é que só tem duas pessoas que poderiam me apresentar o Kindle e nenhuma delas estava lá no momento. Fiquei sem conhecê-lo. Mas pelo que vi os usuários estavam super a vontade, não é um ambiente que se necessita ficar em silêncio. No geral eu gostei. Só achei bizarro uma estante escrito “Os mais vendidos”, tudo bem que se queira imitar uma livraria, mas ficou muito forçado.

  15. Ou algo como os “Mais procurados”.

    E é certo, é uma biblioteca bonita, mas não tem nada de inovadora a não ser o fato de ser como as bibliotecas deveriam ser hoje ( não é uma idéia minha, mas concordo totalmente ).

    Ah, uma das coisas que curti foi o interesse dos usuários para fazer a carteirinha. Tinha uma fila grande o tempo inteiro em que estive lá.

  16. Hoje no Estadão o velho, bom escritor (e muitas vezes chato! hahaha) Loyola Brandão escreveu um artigo sobre a Biblioteca de SP. Vale ler.

  17. Alguém saber dizer quantos Bibliotecários tem nessa nova e moderna Biblioteca ??? e quantos têm ou se têm, função de direção ou coordenação?????

  18. Visitei a BSP nesta sexta feira, e gostei, houve uma apresentação de mpb ao vivo, lá pelas sete da noite; me senti bem dentro daquele lugar, acho que pela primeira vez tomei o espaço como “também meu” dentro de uma biblioteca… Lá não tem aquele eterno “shiuuu”, as pessoas ficam a vontade, conversam, ficam em silêncio… Os atendentes, estão atenciosos… Enfim, um lugar que eu voltaria várias vezes. Mas temo que tudo isso seja só na inauguração, e que daqui algum tempo, ela vire uma biblioteca pública comum, com pessoas não simpáticas, com a política do não pode, “não pode encostar no livro”, “não pode sentar”, “não pode ver as horas no celular”, “não pode, não pode”. Esperar pra ver…

    1. Infelizmente a expressão “não pode” já me foi proferida há três semanas atrás, quando fui visitá-la: não pode entrar com livros pessoais. Alegação: muitos dos livros dispostos no espaço não foram catalogados. Eu achei a desculpa meio fraca, pois, se assim for, nunca será possível entrar com livros próprios, já que o trabalho de catalogação não para nunca, pois as bibliotecas estão sempre em crescimento. Triste, né? Naquele sábado tive que ir estudar no CCSP…

      1. Oi Renato. Sei que você fez este comentário faz tempo, mas eu só gostaria de esclarecer para quem estiver lendo que a BSP já permite entrada com livros, revistas e apostilas próprias.

        Bom dia!

  19. O acervo da biblioteca não é feito só de ‘Best sellers’ como foi dito em um dos post atrás, muito pelo contrário, existem várias edições de clássicos tanto da literatura brasileira como mundial. E se o intuito é levar o público em geral, a classe C a ler, conhecer literatura, ótima estratégia! A biblioteca é linda, aconchegante e muito confortável, um investimento que valeu a pena!

  20. o discurso de sayad, além de elitista, é preconceituoso. mas isto é outra história.

    a biblioteca é de fato bonita, mas tenho a impressão de que a radiação solar está incidindo diretamente no acervo… mas este seria um erro bobo e primário.

    enfim, as fotos têm um gosto de “já vi este filme antes” e, como citado, a biblioteca não tem nada de inovador: o espaço lembra MUITO (em miniatura) as imagens da segunda sede da Biblioteca Estatal de Berlim presentes em Asas do desejo, edifício projetado por Hans Scharoun em 1977.

    http://www.galinsky.com/buildings/staatsbibliothek/index.htm

    http://berlininbrief.wordpress.com/2009/10/08/the-berlin-state-library-wings-of-desire/

  21. Caros jovens leitores e bibliogatotecários,
    Sou educadora social e estive na inauguração da belíssima Biblioteca. Pude rever pessoas bacanas e engajadas na disseminação da leitura e acesso ao livro.Claro, adorei a crônica do grande escritor Loyola de Brandão publicada no Estadão,numa linguagem poética-crítica em relação aos políticos presentes na inauguração.
    Trabalho numa ONG comunitária no Campo Limpo, zona Sul de São Paulo e para atrair os leitores da comunidade, a estratégia é fazer da biblioteca um “espaço bonito, prazeroso e sedutor” com recursos de internet,um tapete no chão com várias almofadas com livros que a galera adora ler, por exemplo, desde os mais vendidos como “Lua Nova”, de Harry Potter, histórias em quadrinhos, gibis, além dos clássicos da literatura brasileira e estrangeia à mediação de leitura para os pequenos da educação infantil. Vale destacar que um jovem poeta da comunidade comparece semanalmente para elaborar as suas poesias em nossa Biblioteca. Agora só falta um pouco de sorte para uma editora publicar e revelar o talento de Luan Luando.
    Desde 2004 estamos reinventando a biblioteca e seduzindo os nossos leitores: do bebê de colo a terceira idade com literatura de cordel.
    Ah! Fiz a minha carteirinha para emprestar livros, o número de minha inscrição é 62 e o belo que está atrás de mim com pose de pensador a la Rodin, é o bailarino e coreógrafo Cristian Duarte.É o máximo! Assim como na canção Paula e Bebeto de Milton Nascimento, a voz mais bela deste planeta…
    “Qualquer maneira de amor vale o canto
    Qualquer maneira me vale cantar
    Qualquer maneira de amor vale aquela
    Qualquer maneira de amor valerá”. Parafraseando esta canção, a gente reinventa todas as formas para atrair o leitor da literatura popular ao leitor refinado.Parabéns São Paulo pela grande vitrine literária e pavilhão das letras!
    Neide Oliveira

  22. visitei o site oficial e não vi nenhuma indicação de que existem Bibliotecários nessa Biblioteca, será que não tem mesmo???

    se alguem souber me responder essa pergunta??? agradeço…obrigado!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ??????????????????????????????????????????

  23. Olá, estava assistindo o programa antena paulist pela rede globo, quando passou uma reportagem sobre a biblioteca do carandiru.Tenho um filho de 10 anos, ele adorou e fiz uma sugestão para que a escola onde estuda, programe um visita com os alunos. Eu adorei e ele também, com certeza vcamos fazer uma visita, moramos no interior de São Paulo, na cidade de Hortolândia, região de Campinas/SP. Um grande abraço.
    Marina M.V.Marchiri

  24. Carak!!
    Parece que eu tô sonhando (só que essa biblioteca é um pouquinho melhor do que eu poderia imaginar…)

    fala sério, fico imagindando quando (e se ) esse tipo de investimento e tecnologia vai chegar aos outros estados do Brasil…
    Mal posso esperar!

  25. Belíssima iniciativa e estratégia inteligente para atrair leitores. Agora é torcer muito para que não se degrade.

  26. A biblioteca de SÃO PAULO ela é muito legal … moro em Arujá e todo domingo venho nela …
    Tem bastante opções pra os deficientes fisicos . Tem internet de grça e nem precisa de cadastro é só você pegar um computador que esteja vago .
    Mais estão bloqueados alguns sites tipo por exemplo , o orkut , e sites que tem conteudo pra fazer downloads , e coteudos imprópios pra menores de 18 anos ( PORNOGRÁFICOS ) .
    Valeeuuu a BIBLIOTECA E OS FUNCIONÁRIOS ESTÃO DE PARABÉNS … TODOS SÃO MUITO ATENCIOSOS QUANSO PRECISAM DE ALGUMA AJUDA E/OU INFORMAÇÃO ..
    Valeuuu São Paulo .

  27. Estive na Biblioteca , neste sabado e simplesmente não dá pra descrever é fantástica ,a equipe é super prestativa fiquei impressionado com o atendimento prestado a uma deficiente visual que estava presente ,foi maravilhoso ve-la ser tratada com respeito e cordialidade espero que se mantenha o padrão de atendimento ao público ,uma pena que nem todo o acervo esteja disponivel pra emprestimo ,mas a boa noticia é que fui informado que assi que terminarem de catalogar as obras todas estaram disponiveis para empréstimo.

  28. Fantástica esta biblioteca, nos PAULISTANOS merecemos isso, seria melhor ainda se em cada Cidade ou Municipio tivesse uma Biblioteca deste porte.

    “Quem sabe algum dia”!!!!!!!!!!!!!!!

  29. A biblioteca é linda e moderna, mas estive lá e só vi uma molecada que não pára de gritar jogando nos computadores, cantando como se etivesse no banheiro, livro que é bom não vi ninguém lendo não!

  30. nossa gente!! muito atualizada,maravilha um sonho, mais interatividade para odesenvolvimento da sociedade.Estão de parabéns.

  31. Eu fico realmente feliz com o número de jovens que demonstram felicidade por mais este avanço, pois vemos, enquanto educadores, cada vez mais o distanciamento dos jovens com a literatura. Talvez desta forma atrativa e charmosa possamos dar mais vida ‘a cultura. Temos atualmente tantos programas gratuitos e bons em nossa cidade e cadê o público para isso tudo???
    Precisamos valorizar mesmo as artes de forma geral e reunir mais e mais pessoas, trocarmos informações pois assim a gente cresce e nosso pa´s tb!!!!

  32. Ola a todos !
    Acabei de voltar da Australia, e fiquei impressionado que agora podemos contar com uma biblioteca de nivel Internacional.
    Seria muito bom se tivessemos bibliotecas com niveis iguais a essa em todos os bairros de SP. Isso nao eh dificil de se fazer ! Basta o nosso governo querer !

  33. O TRABALHO DE VCS É REALMENTE FORMIDÁVEL, O ESPAÇO MUITO BEM PLANEJADO, EM TODOS OS SENTIDOS, ACESSIBILIDADE, CONFORTO,SOU PROFESSOR DE IDIOMAS ME SINTO EM CASA, ENFIM A SEGURANÇA,PESSOAL HABILMENTE TREINADO PARA LIDAR COM O PÚBLICO, PORÉM GOSTARIA DE FAZER UMA SUGESTÃO JÁ ESTIVE EM OUTROS PAÍSES, E AQUI NÃO PODE SER DIFERENTE, UM LOCAL PREVILEGIADO COMO ESTE NÃO PODE DEIXAR DE TER “CINZEIROS” DISPONÍVEIS NA ÁREA EXTERNA, LEVANDO EM CONTA QUE FAZEMOS SEMPRE UMA PAUSA PARA UM CIGARRINHO NÃO É JUSTO SUJAR A PARTE DE ENTRADA DA BIBLIOTECA, CONCORDAM??? PORÉM PARABÉNS PELO DESEMPENHO GERAL MUITO GRATO ALEXANDRE DE LIA

  34. Sou bibliotecária, e gostaria saber como eu faço para enviar o meu curriculo; pois gostaria de trabalhar nesta glomurosa instituição no período tarde/noite, fico no aguardo de uma resposta positiva. Parabéns a todos pela iniciativa.

  35. É gratificante saber que o poder público de SP, disponibiliza de um espaço funcional, para a difusão/democrátização da informação.
    Espero que sirva de modelo para outros outros estados.

  36. È gratificante saber que o poder público de SP, está interessado na difusão/democratização da informação, para os cidadãos.Espero que não fique só na inauguração, e que venha da manutenção necessárias, se não vira um “elefante branco”.

  37. Instalada no parque da Juventude, na área da antiga Casa de Detenção do Carandiru, a nova biblioteca pública se inspirou no conceito das grandes livrarias da cidade para conquistar seus leitores.

    Achei a iniciativa fantástica. Nada como saber aproveitar um espaço. Transformar um local onde foi um presídio em uma biblioteca é no mínimo repensar toda a energia do local de uma maneira brilhante e positiva. Quanto mais bibliotecas, quanto mais educação, mais espaços como este surgirão e menor será a necessidade de lugares como o antigo Carandiru.
    Gostei, não só pelo belíssimo emprendimento, como também pela maravilha do emprendimento ser uma biblioteca, um espaço a mais para a cultura e a educação, num país que carece tanto de iniciativas.

  38. Parabenizo por esta maravilha e maravilhoso espaço, assim as Bibliotecas podem cumprir seu papel/vocação.
    Agora já sabem a formula não é mesmo Senhores Governantes, então, mãos a obras e tirem as demais Bibliotecas e Centros Culturais da situação agonizante que se encontram e façam reviver com tamanha dignidade como a BSP, a população precisa e agradece.

  39. É bonita sim, mas já encontrei um problema para o usuário: não é permitida a entrada de usuários com livros próprios. Alegação: muitos dos livros dispostos nas estantes não foram ainda catalogados, o que pode confundir os funcionários e os seguranças na hora da saída. Bem, conhecendo bem sobre rotinas de biblioteca, posso dizer que, se assim for, nunca será possível entrar com livros pessoais, pois o crescimento de qualquer biblioteca é constante e o trabalho de catalogação é infinito. Pena, pois isso fere um dos princípios básicos de uma biblioteca: o de um local próprio para o estudo.

  40. Boa tarde
    fui conhecer a biblioteca de São Paulo e fiquei encantado com ela, acho que São Paulo merecia um lugar assim de facil acesso e muitos itens para pesquizar.
    Depois de trabalhar por muitos anos na casa de detenção e de ter passado por diversas rebeliões centenas de vezes de refem ter visto e presenciado as maiores atrocissidades feitas pelo proprio homen poder acomapanhar o crime e o criminoso.
    Durante o tempo em que trabalhei ali consegui juntar um enorme acervo com mais de 1000 fotos muitas horas em video alem de centenas de objetos utensilios armas artezanatos manuais e muito mais.
    Agora realizo exposições em escolas faculdades e afins com intenção de concientizar jovens e adolescentes participar da parte cultural da cidade de São Paulo e do carandiru .
    E gostaria muito de realizar uma exposição dentro do proprio parque que deu lugar a antiga casa de detenção do carandiru.
    E colocar a disposição meu acervo para realizações de exposiçãoes a quem interessar .
    Tenho tambem um documentario ja exibido em mais de oito paises procure(carandiru’s vbs tv )e tambem algumas reportagens procurando por (mazotto carandiru.)
    rmazotto@hotmail.com

  41. Sem dúvidas é o lugar mais agradável para estudar ou relaxar. Eu amo esse lugar, moro do outro lado de São Paulo, mas não me importo de pegar o metrô quase diariamente para estudar lá. O ambiente é extremamente convidativo e confortável.

  42. Olá personas!

    Estava lendo a reportagem, os posts e associando tudo isso a esta minha nova função (sim, sou mais um daqueles educadores que se desinbestam a trabalhar numa biblioteca…) e pensei várias coisas!

    1) os bibliotecários são articulados, e quebraram a minha cara preconceituosa sobre esta profissão! Valeu galera!

    2) tenho que estudar muito!rs

    3) há muita articulação entre o que vocês discutem com o que eu discuto em Educação (sim, sou um pedagogo… para o bem e para o mal….rs). Especificamente algumas dúvidas:

    a) qual a função de construir uma edificação pública gigantesca? ou um evento público gigantesco? Eu fico muito na dúvida sobre a real necessidade…

    1a) tipo, entendo os CEUs, por exemplo… São gigantes, caros, mas trouxeram estes espaços para localidades jamais imaginadas… Na minha infância passei longe de piscinas e teatros… me parece interessante que tenha…

    2a)Mas, já não entendo a virada cultural, que com o mesmo orçamento poderia ter ações promovidas pela secretaria de cultura pela cidade como um todo… é para gringo ver… não que não seja importante que eles vejam… mas se há uma questão de prioridade, prefiro que pessoas que não tem acesso ao centro (seja por desconhecimento, ou por falta de grana… R$2,70 tá osso…) estejam no início da fila…

    b) será que a grana investida nesta biblioteca faz jus às necessidades que as bibliotecas paulistanas periféricas estão passando?

    c)que projeto de educação, que projeto social é vislumbrado com construções de grandes elefantes, como uma biblioteca deste patamar?

    Vejam: não acho ruim… é maravilhosa, claro que é… mas eu acredito que se não é para todos e todas… não faz muito sentido… quando um rapaz postou que não era no Brasil, e sim em São paulo, entendi desta maneira… e diria mais, não é São Paulo (estado) é na capital… é algo meio que surreal, sabe? o valor que gastaram nessa biblioteca eh muito mais que vários municípios do Brasil tem para gastar com a Educação, Saúde, Segurança, Cultura, tudo junto…

    desculpem-me… eu achei linda a biblioteca, adorei os relatos das pessoas que estão frequentando, e se locomovendo até lá… mas estas indagações fazem com que eu não fique contente com tal construção…

  43. gostaria de saber se possuem ai no acervo o livro infantil a casa sonolenta e se emprestam.Sou coordenadora de cei e preciso pra um trabalho e não há pra venda.
    obrigda aguardo resposta

  44. Apesar das críticas construtivas e destrutivas de alguns usuários e visitantes,achei a biblioteca´FANTÁSTICA.Merece o melhor dos elogios de quem a criou,de quem nela trabalha e do método prático de empréstimo de livros. Quando poderemos tb.emprestar os áudios?Que tal o café? Estamos aguardando.Fiquei muito bem impressionada,pois só fui uma vez.Parabens!!! Deveria ser melhor divulgada.

  45. AMEEEEEI !

    Foi a base para o meu projeto do CIEE !

    AMEEEEEEI MESMOOOOO !

    Maaaaaaaaas . . . E a limpeza e a segurança?
    Vocês terceirizaram ?

    Me mandem respostas, por favor !

    Abraços!

  46. Olá Diego Maradona,

    Linda a iniciativa dos bibliotecários e bibliotecárias pop, disponibilizando as imagens desses espaços lindos e os conhecimentos de vocês. Tenho acompanhado vários trabalhos e o blog. Refletir sobre a profissão é preciso, assim como atrair para nossos espaços bibliotecas cidadãos alfabetizados, tecnologicamente responsáveis e atuantes em compartilhar informação. Ou transformá-los para isso. Abraços, Rosane

  47. Ainda não fui visitá-la. Porém, já parabenizo pelo conjunto da obra, pelo que mostrou o site, é MARAVILHOSA!!!. Num país em que o hábito da leitura ainda está longe do esperado, é imprencindível que tenhamos espaços em que a leitura seja apresentada como um grande prazer.

  48. A
    Biblioteca de São Paulo
    Parque da Juventude – Avenida Cruzeiro do Sul, 2630 – Santana – São Paulo – SP
    A Biblioteca de São Paulo diz-se que é modelo para as demais instituições do gênero; obra custou R$ 12,5 milhões e prédio abriga mais de 30 mil livros.
    Eu pergunto mas e a segurança? Qual o investimento? Pois não há!!!
    Hoje cinco adolescentes de 13 a 14 anos foram uniformizados do colégio para a biblioteca para fazer pesquisas, na saída da Biblioteca ainda no Pátio foram abordados por outros CINCO MENINOS NA FAIXA DE 12 A 13 ANOS PORTANDO FACAS QUE OBRIGARAM OS ESTUDANTES ENTREGAREM SEUS OBJETOS PESSOAIS, BONÉS, CELULARES.
    Bom os objetos não o que menos me preocupa o que me preocupa é que não há segurança e consequentemente respeito aos frequentadores da Biblioteca.
    Como mãe não aconselho deixarem seus filhos irem a tal local, pois estive lá hoje mesmo e fui informada por pessoas que lá estavam que isso é comum já que fica muito próximo a favela e não tem como controlar.

    1. Eu vou sempre à BSP e não tive problemas. Agora tem um carro da PM que fica sempre, inclusive para ajudar aluno da escola que fica na frente. E ultimamente eu tenho notado muitas mudanças ali, inclusive no questio segurança.

      Deixaria meus filhos sem problemas. Alem do mais, numa cidade como essa, estamos sempre perigando ser assaltados.

    1. Olá, Alexandre.

      A Biblioteca fica ao lado da estação Carandiru do Metrô. Desça nessa estação e saia sentido bairro, procure nas placas de sinalização do próprio Metrô Parque da Juventude. Você verá 3 prédios grandes (2 escolas técnicas e um de vidro que é a biblioteca).
      De qq forma o endereço é: Avenida Cruzeiro do Sul, 2630.
      []‘s

  49. Acredito que o governo do estado de São Paulo deva ter algum projeto de segurança mais segura na Biblioteca, pois acada dia nossas vidas se transformam em alvo para a insegurança.

  50. Tenho frequentado a biblioteca desde abril e nunca presenciei nenhum problema. Vejo crianças de todas as idades usando os computadores e livros, muitas até desacompanhadas. E tem uma base da polícia no parque. Acho um lugar muito legal e seguro.

  51. Gostei muito dessa iniciativa do governo, as pessoas deveriam parar de colocar defeitos em pequenas coisas. Só o fato de não lembrar as coisas ruíns q aconteceram lá, já é gratificante. Biblioteca é lugar de estudo, a busca do conhecimento, de informação! e não para encontrar amigos e conversar. Parabéns povo de São Paulo vcs tem uma Obra rara, com tecnologia de primeira! Saibam aproveitar. Bjs Juci Universitária da UFPA e futura Bibliotecária com muito orgulho.

  52. bacana mesmo essa ideia, espero que migrem para todas as bibliotecas de nosso brasilzão, termos um pais maiseducado e informado e pessoas mais instruidas.

  53. Um verdadeiro centro de informação!Um espaço perfeito para arte e cultura e disseminação da informação… além de tudo, AMPLA, CLARA…UM DESIGN QUE REALMENTE EMOCIONA À NÓS AMANTES DA BIBLIOTECA. Quero visitar!!! :)

  54. trabalho na bsp e acho um lugar muito legal, diferente e recomendo para todos que me perguntam no dia a dia, muita gente ainda não. conhesse e fica fascinada quando entra no espaço da bsp,parabenizo á vocês e sempre morei na zona norte e passava nos muros altos do carandiru, e hoje não tem nem rastro daquele horror….

  55. ola bom dia eu me chamo maycon sou de ourinhos interiol de são paulo…eu tive uns dias ai em sao paulo e me cadrastei ai na biblioteca pois eu gostei muito do atendimento e da atençao de vcs…hoje faz 1 ano e 4 meses que eu ja esto participando dai,sempre que eu vo para sao paulo eu vo ai muito obrigado a todos.

  56. Sou frequentadora há algum tempo da Biblioteca e já fiz várias oficinas .Gostaria que voltasse a oficina de croche ou missanga.Ficarei muito grata ser for atendida.

    Obrigado.

    Isabel.

  57. essa biblioteca e muito ruim, os serviços que ela ofereçem,está sucateado, uma internete que não funciona adequadamente fones de ouvido de ultíma geração mais som que e bom nada? uma internete,atrazada lenta un caos, sinceramente não sei mais a quem reclamar o ruím que e de graça, eu fico até sem jeito de reclamar então feche ,logo as portas.

Deixe uma resposta