As bibliotecas dos nossos vizinhos

Na minha recente viagem pela América do Sul tive a brilhante e óbvia idéia de visitar uma biblioteca em busca de internet grátis. Mas como não poderia deixar de analisar o ambiente, deu pra perceber que as bibliotecas dos nosso vizinhos são muito parecidas com as nossas. Algumas possuem bons recursos, como a biblioteca do museu folklórico em La Paz, com grande acervo na cinemateca. Testei o OPAC e eles usam winisis. Parecido com o CCBB aqui no Rio. No Chile as bibliotecas, mesmo infantis, tem acervo de dar inveja mesmo, não pela quantidade, mas pela qualidade. As criancinhas lêem livros da Isabel Allende, do Borges, Pablo Neruda e outros. Algumas fotos

biblioteca la pazsan pedro de atacama

la pazopac la paz

mais fotos

7 pensamentos em “As bibliotecas dos nossos vizinhos”

  1. Post interessante, fotos mais ainda (com exceção de algumas que vc estava com uma camiseta horrosa, com uma cruz de malta estampada… hehehe).

    Show de bola!

  2. Para a Terezinha: Leia “Um General na Biblioteca”, do Calvino. Ali está o que é uma biblioteca e o que é um bibliotecário.

  3. extraordinária viagem moreno: lugares fantásticos, fotos muito boas. Paisagens muito diferentes das europeias e que os europeus têm uma grande nostalgia…
    foi bom ver sua aventura mais recente. muita cor, luz, lugares meio exóticos..

  4. Bem Alex qual é o seu conceito de análise de sistemas e de biblioteconomia. Se você é bibliotecário ou analista deveria pelo menos citar qual a sua definição dessas áreas. Pq pelo visto vc não explicou o que um analista de sistema faz e até mesmo um bibliotecário. Penso eu q bibliotecários q mexem com tecnologia estão longe de serem analista, pois eles nao modelam sistemas, não documentam, nao fazem analise de requistos, nao realizam protótipos e nem artefatos computacionais. Sou da área de TI e trabalho em uma biblioteca e a maioria dos estagiários sabem mexer o basico de usuários avançados de informática: instalar blogs, configurar conta de email, fazer e publicar um documento HTML, mexer num editor de texto, planilha, imagem e slide etc.. Muito por serem usuários e estudantes/profissionais sabem dizer o que um sistema de biblioteca deveria ter isso ou aquilo, mas não sabem representar td em uma linguagem para modelagem como a UML , Modelar uma Estrutura de um Banco de Dados. ou definir arquiteturas computacionais: aspectos fundamentais de um analista de sistema. Sou mestrando em CI e pelo visto acho que o Alex vai acabar sendo o DR. em ciência da informação, pois é mais um daqueles que falam e falam bonito, mas não fazem nada de concreto.

Deixe uma resposta