Overdose de folksonomias

Não sei se é só eu, mas já estou começando a achar que daqui a algum tempo, as folksonomias serão tão numerosas, que se tornarão tão bagunçadas quanto as informações que elas tentam agrupar.

Isso considerando ainda que as folksonomias ainda não foram totalmente adotadas por todos os criadores na web.

Isso me faz pensar que há um espaço legal para se trabalhar entre o que é folksonomia e o que é vocabulários (extremamente) controlados. Algo interessante pode surgir no meio termo…

6 pensamentos em “Overdose de folksonomias”

  1. Oi Taigo, morro de vontade de fazer algo nesse sentido, de fazer alguma pesquisa, de tentar achar esse “caminho do meio”. As duas formas têm vantagens e desvantagens, será que a gente não consegue algo que aproveite o melhor dos dois, para exatamente suprir as deficiências de cada um?
    Algo bem interessante para ir atrás, realmente.
    abs, Lu

  2. A diferença é taxonomia = controle, folksonomia = participação. Não existe um meio termo. Porque a natureza filosófica do modelo é diferente. Existem soluções relacionadas a pequenos vocabulários controlados que sugerem os termos para evitar problemas relacionados a sinonímia e etc. Mas isso quando trabalha-se com comunidades menores. Porque com redes participativas e grandes comunidades online isso não é necessário. Os bibliotecários devem tomar muito cuidado com a tentativa de enquadrar um modelo bottom-up dentro de um modelo top-dowm. Existem várias soluções e alternativas que relacionam taxonomias com folksonomias. Como por exemplo o http://facetag.org

Deixe uma resposta