O processo de redesign

Como devem ter percebido, o BSF mudou. O wordpress hoje oferece tantos recursos e facilidades que é difícil segurar a vontade de mudar o blog sempre que um tema novo bom surge.

A gente tava com vontade de mudar o design e conversamos internamente pra ver qual seria o melhor procedimento. Diego instalou uma versão paralela do WP, um diretório que daria pra eu e o Tiago trabalharmos sem causar nenhum problema com o blog oficial.

Eu escolhi um tema, o Tiago concordou e eu me encarreguei de fazer os ajustes necessários.

A única coisa que eu quero contar, e que foi o mote deste processo de redesign, é que minha idéia era que o blog enquanto estrutura retornasse às origens. Back to the basics. Foco no conteúdo, tirar o excesso de recursos adicionais. Manter só o necessário: posts, campo de busca, arquivos, links.

Por outro lado, o blog assumiu nos últimos anos uma postura pop, abusando de recursos visuais, imagens do flickr, embeds do youtube, do slideshare, vimeo. Os textos são curtos e objetivos.

E a maioria das pessoas já acessa com banda larga, então não temos mais tanto problema com carregamento de página, fotos, banners, vídeos.

Espero que gostem. Podem mandar comentários, sugestões e críticas.

Beyond Borders dvd

1 pensamento em “O processo de redesign”

Deixe uma resposta