História da Biblioteconomia

A colega Márcia me mandou um email com a seguinte dúvida:

Olá, meu nome é Márcia, sou aluna de biblioteconomia pela UFRGS.
Recorro a vós com uma questão aparentemente banal, mas que tem me feito perder algum tempo: Quando surgiu o primeiro curso formal de biblioteconomia no mundo/EUA?
Sobre o primeiro curso no Brasil encontramos diversos relatos, o curso da BN, mas qual foi de fato o primeiro a surgir no mundo, não encontrei.
Por favor, preciso disto. Tinha uma dica de que seria nos EUA por volta de 1890.
Confere?

Fiz uma pesquisa rápida na internet e as respostas são as seguintes:

A primeira escola de biblioteconomia (library school) foi estabelecida por Melvin Dewey, criador do sistema decimal Dewey em 1887 (as datas são muito confusas, porque Dewey foi trabalhar como bibliotecário lá em 1883, então todo o período entre 1883 e 1887 é creditado por diferentes fontes como um dos anos em que foi instituída a escola) na Columbia University, chamada Columbia School of Library Economy.

Não confundir com a criação da ALA, e os eventos promovidos por Dewey, em 1876. A primeira instituição voltado ao ensino de biblioteconomia, foi a escola de Columbia. No ano seguinte, 1888, a escola de Columbia se mudou para Albany e se tornou a State Library School (estado de New York).

Na Alemanha, em 1886, havia uma espécie de exame oferecido à comunidade acadêmica para o exercício em bibliotecas da Universidade de Gottingen. A preparação para o exame era oferecida por Karl Dziatzko. Mas obviamente, não era uma escola de biblioteconomia per se.

Existe alguma controvérsia, mas aparentemente, a escola de bibliteconomia mais antiga da Europa é a da Universitat de Barcelona, fundada em 1915, mesmo ano em que foi fundada a escola de Leipzig, e dois anos antes da criação da escola de biblioteconomia na Universidade de Londres (1917).

Na França, somente após a criação da École nationale supérieure des bibliothecáires em 1963 é que a biblioteconomia se tornou um objeto de ensino distinto.

A primeira escola de biblioteconomia na China foi fundada em 1920. Gana foi o primeiro país africano a inicar algum tipo de educação bibliotecária, em 1944, mas a primeira escola formal foi criada em Ibadan, Nigéria, em 1959. A School of Library and Information Science da Keio Univeristy foi criada em 1951 como a primeira escola de biblioteconomia em nível universitário do Japão.

A Escola Nacional de Bibliotecários foi fundada em 1957 na Argentina, no prédio da Biblioteca Nacional em Buenos Aires. Em 1949, a Biblioteca Central da Universidad del Chile fundou a primeira escola de treinamento de bibliotecários.

O primeiro Curso de Biblioteconomia no Brasil foi criado pelo Decreto n. 8.835, de 11/07/1911. Iniciou em abril de 1915 na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, tendo como diretor Manuel Cícero Peregrino Silva. O programa deste curso pioneiro se inspirava no modelo francês (École de Chartes), dando ênfase ao aspecto cultural e informativo.

Em 1929, o “Mackenzie College”, hoje Universidade Mackenzie, de São Paulo, criou um Curso de Biblioteconomia, inspirado no modelo norte-americano, que enfatizava os aspectos técnicos da profissão.

A Prefeitura Municipal da cidade de São Paulo, em 1936, criou um Curso de Biblioteconomia, no âmbito do Departamento de Cultura, onde destacamos a participação do professor Rubens Borba de Moraes. Em 1940, este curso foi incorporado à Escola de Sociologia e Política de São Paulo, onde funciona até hoje.

Em 1942, surgiu a Escola de Biblioteconomia e Documentação da UFBA, fundada pela Professora Bernadete Sinay Neves, que não era bibliotecária, mas engenheira civil; em 1945 foi criada a Faculdade de Biblioteconomia da PUCCAMP, por um grupo de bibliotecários paulistas; em 1947 surge a Escola de Biblioteconomia e Documentação da UFRS, e em 1950 surgiu o Curso de Biblioteconomia e Documentação da UFPR, pelo esforço de alguns bibliotecários do Paraná e a Escola de Biblioteconomia da UFMG, cuja fundadora foi Dona Etelvina Lima. Em 1954 foi realizado o 1º Congresso Brasileiro de Biblioteconomia e Documentação, na cidade do Recife.

Algumas referências:

Library of Congress
Britannica
Encyclopedia of Library History
25 anos da Biblioteconomia na UFSC
Conselho Federal de Biblioteconomia

7 pensamentos em “História da Biblioteconomia”

  1. Puxa, que pesquisa rápida… super detalhada indo a todos os continentes, imagina se fosse extensa. Muito obrigada, ajudou demais. Vou dar uma olhada nas referências que mencionastes. Valeu, grande abraço.

  2. A tua preocupação também é minha, mas obtive a resposta desta questão no artigo da MariaMeriane Vieira Rocha e Eliany Alvarenga de Araújo, Educação continuada de profissionais da informação: Perfil da acção de bibliotecários…, que diz o seeguinte:
    – ” Ao analisarmos o perfíl do p+rofissional da informação, fazendo uma breve retrospectiva do primeiro curso de biblioteconomia em 1910, até os dias actuais, vemos que este profissional vivenciou modificações em seu perfil profissional e, siobretudo sobre o seu perfil na sociedade.” Assim, entendo que o curso da biblioteconomia tenha sido em 1910.

  3. Em 1959, foi criada a Escola de Biblioteconomia e Documentação de São Carlos – EBDSC, por quatro bibliotecários: Alfredo Américo Hamar, Eunice Diva Garcia, Iná Bentin e Therezinha Abs. Em 1994, a Universidade Federal de São Carlos abriu o 1o. Vestibular para o curso de Biblioteconomia e a EBDSC terminou em 1997 com as turmas remanescentes.

  4. Existe um livro, escrito por Laura Russo, fundadora da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, publicado em 1966: “A biblioteconomia brasileira:1915-1965”.
    Acho que a mais antiga mesmo é a de Columbia nos Estados Unidos.

Deixe uma resposta