Novas Tecnologias em serviços de Bibliotecas

technology and social shock

Eu e Fabiano Caruso vamos participar de uma mesa redonda na USP, em comemoração ao dia do bibliotecário. O tema da mesa é “O uso de Novas Tecnologias em serviços de Bibliotecas voltadas ao atendimento, com maiores facilidades de serviços aos usuários”, e eu particularmente devo falar sob o meu ponto de vista de usuário ávido de bibliotecas (especialmente bibliotecas universitárias), e como eu gostaria que os serviços das bibliotecas fossem oferecidos, dentro do que os bibliotecários e bibliotecas podem me oferecer, para suprir as minhas necessidades de heavy user. E me posicionar como alguém que não vem trabalhando diretamente com bibliotecas e biblioteconomia tem a dizer aos bibliotecários sobre o tema das “novas tecnologias”.

Fatalmente falarei sobre orkut, twitter, msn, blogs, APIs, design, opacs, boas práticas, etc.

Se alguém tiver alguma sugestão, pode mandar, que eu tento aprofundar até o dia da palestra.

O release é esse aí:

Data: 12.03.2009
Horário: 14h às 17h
Local: Anfiteatro “Prof. Dr. Francisco Romeu Landi”
Escola Politécnica da USP (Prédio da Administração)
Av. Prof. Luciano Gualberto, Trav. 3, nº 380
Cidade Universitária – São Paulo, SP

INSCRIÇÕES ATÉ 10.03.2009
(VAGAS LIMITADAS)
divulgacao@sibi.usp.br

INFORMAÇÕES:
Tel.: 3091-1545 / 1573
Email: divulgacao@sibi.usp.br
http://www.usp.br/sibi

21 pensamentos em “Novas Tecnologias em serviços de Bibliotecas”

  1. Moreno,

    Trabalho na Editora Elsevier e vou estar participando do evento na USP…gostaria de saber se vc vai abordar o impacto dos e-books nos serviços de Bibliotecas?

    abs.

    Ricardo

  2. “[…] e eu particularmente devo falar sob o meu ponto de vista de usuário ávido de bibliotecas (especialmente bibliotecas universitárias), e como eu gostaria que os serviços das bibliotecas fossem oferecidos, dentro do que os bibliotecários e bibliotecas podem me oferecer, para suprir as minhas necessidades de heavy user.”

    Moreno,
    o SIBI-USP é um Sistema com 38 bibliotecas universitárias que utilizam o mesmo catálogo coletivo (OPAC)- o famoso Dédalus, na versão 3.0 (ainda!)do Aleph, da ExLibris. Algumas bibliotecas fazem o empréstimo com um programa em DOS (essa dói…rs) e outras… aiiiinda estão na base das fichinhas de empréstimo, manuais.
    Isso, na propalada maior universidade da América do Sul, que está completando 75 anos agora em 2009, com toda pompa e cirscunstância.
    Eu gostaria que vc, como “heavy user” de bibliotecas universitárias, abordasse:
    1. Como esta situação precária afeta diretamente a utilização dos serviços da biblioteca por usuários especializados;
    2. A enorme perda (em termos de tempo e oportunidades) que a Universidade sofre ao prolongar esta situação lamentável;
    3. Como o “sprit de corps” de uma classe profissional e do funcionalismo público, desinteressado em promover avanços e mudanças (pois exigem capacitação e treino nas novas tecnologias… estudar? ai, que preguiça…) pode barrar qualquer vislumbre de uso de ferramentas facilitadoras para os serviços da biblioteca.
    A questão é séria e importante, e vc deve aproveitar esta oportunidade!

  3. Eu fui!!!!

    E foi um sucesso!!!

    Mas o que eu mais gostei foi ter conhecido PESSOALMENTE o Moreno e o Fabiano, e são uns GATOS!!!

    Ai! Como é que eu faço pra votar neles na eleição dos biblio mais gatos, hein?

    Mas, independentemente desta tietagem toda, Moreno e Fabiano, PARABÉNS pela exposição de vcs no evento da USP. Foi ótima, e vamos ver se o recado dado estremece um pouco o povo de lá, que tá mais pra Biblioteca de Alexandria (o Museion, não a atual, repaginada, bem entendido…)

    Mas, que vcs são lindos, ah, isso são…

  4. O vídeo completo do evento está disponível aqui:

    Vou escrever um post no meu blog com meus comentários sobre o evento e as apresentações.

  5. Moreno e Fabiano, as apresentações foram ótimas, os dois estão de parabéns!

    No final de sua fala, o Moreno citou um expoente da biblioteconomia, sobre o fato das bibliotecas sempre, ao longo da história, acompanharem e incorporarem o desenvolvimento de tecnologias… vc tem a citação completa, com o nome e a referência, Moreno? Poderia repassar, por favor?

  6. Olha Barros e Caruso reconheço o super conhecimento de vocês…

    Sugiro que antes de criticarem instituições vocês se candidatem para presidente do Brasil e resolvam todos os problemas sociais desse pais. Deixem todos os bibliotecártios em situação de primeira linha, as escolas… principalmente as públicas, todas as bibliotecas… exterminem com o analfabetismo…. acho que está de bom tamanho para vcs. sairem por aí criticando as instituições públicas…
    Instituições possuem seus méritos!
    Será que um dia já passou pela cabeça de vcs. que as pessoas que lá trabalham tem que lutar com as armas que possuem…
    Mas tudo bem Barros e Caruso… quando vcs. forem presidente desse nosso Brasilzão lindo… tenho certeza que as coisas serão bem diferentes… vcs. com certeza investirão somente em educação não é mesmo!!!!!!

  7. Ai, tapa na cara dói!

    Ei Anônimo, o Barros e o Caruso só falaram umas verdades! Por um acaso vc ouviu o que não queria?Por que será que críticas incomodam tanto o pessoal do serviço público, heim?

  8. No dia do bibliotecário tivemos a oportunidade de ter referências e indicadores para atualizarmos nossas atividades, o Fabiano e o Moreno só faltaram dar a receita do que tem que ser feito e está na nossa cara!!!
    Mas isso da preguiça, vai dar trabalho e vai ter que fazer pessoas pensarem, pior, trabalharem!!
    É lamentável e da vontade de chorar até, que o “anônimo” faça tal comentário, totalmente sem argumentos coerentes (sem falar da identificação)
    Você, “anônimo” não é bibliotecário, por favor, me diga que não!!!
    E pra vocês, que não tem medo de falar e se identificar, parabéns!!! precisamos de mais bibliotecários assim!!

  9. Moreno e BSFs, o Dedalus vai ser trocado, enfim. Daqui a uma semana teremos o leilão que decidirá o novo sistema, estarei presente no pregão, se me permitirem.

    Qual vc acha a melhor opção pra USP, nesse momento? Pensamos em solicitar ao SIBi a criação de um grupo de estudo interdisciplinar e colaborativo entre diferentes departamentos e unidades (SIBi, Departmto. de Biblioteconomia, Centro de Computação Eletrônica, os alunos da Ciência da Computação…) que pudesse auxiliar na construção de um novo OPAC pra nóis.

    Vcs acham essa a melhor opção tb?

  10. Fala Braun! veja aí o que está por trás. Eu não sei se a Dedalus é uma base de dados única rodando com o Aleph como plataforma. Recuperação da informação vai ser sempre problemática nesses sistemas altamente robustos, então uma saída simples e que facilita a vida do usuário é tornar o OPAC amigável.

    Meu voto enquanto usuário é o Aquabrowser http://www.aquabrowser.com/customers/

    Para o OPAC, eu gosto muito do http://www.lib.ncsu.edu/catalog/ que usa o Endeca como plataforma

  11. Moreno, em relaçãoo à robustez, acho que ela é necessária (e até mesmo indispensável) devido ao tamanho do abacaxi: 38 bibliotecas, descentralização por várias cidades (os campi na capital e no interior…), um acervo monumental… além de ter que ser um sistema integrado, relacionando módulos específicos para o tratamento (catalogação), circulação e empréstimo, disseminação e administrativos (até mesmo em rede com as bases de alunos, professores e funcionários das unidades e por que não, financeira – e a gestão dos custos de aquisição?)

    É uma tarefa hercúlea! Tem solução?

    O Aquabrowser é maravilhoso, e se for viável para todas as questões acima, também voto nele!

  12. Ah, é mesmo… vc tem uma visão de heavy user… mas acho que está muito focada só na interface. Sei, o “usuário médio não tá nem aí pra base de dados”, mas vc não acha que nossa preocupação tb tem envolver o que está por trás do sistema, a integração, a migração de dados, a usabilidade pelos gestores… pois afinal, tudo isso vai refletir no próprio “usuário médio… que não está nem aí para bases de dados”… não só em relação à recuperação da informação (aí já são outros quinhentos…) mas em serviços mais rápidos e ágeis, sem toda aquela morosidade BURROcrática que temos hoje?

  13. MORENO, AQUI ONDE TRABALHO AIIINDA (como vc disse) E INFELISMENTE,ESTAMOS NA “fichinha manual” QUAIS SÃO OS CAMINHOS PARA MODERNIZAR… ME AJUDE COM PASSO A PASSO, POR FAVOR. SOU INICIANTE E QUERO ENTENDER MELHOR… OBRIGADA!

  14. Pessoal, sou estudante de biblioteconomia da Universidade Federal do Espirito Santo e estou desenvolvendo projeto de meu TCC sobre o uso das novas ferramentas informacionais pelo profissional de biblioteconomia e ciencia da informação, me interessei muito pelo blog e encontrei alguns artigos do Moreno Barros que trata do assunto, porém, percebi que não consigo material suficiente para desenvolver uma monografia e preciso da ajuda de voces, quem tiver dicas e puder, me envie pelo e-mail fabianacosta4@gmail.com ou fabianacosta4@yahoo.com.br.
    Desde já agradeço a atenção.
    bjus

Deixe uma resposta