14 pensamentos em “Wikipedia impressa”

  1. Boa iniciativa para nos dar uma idéia do enorme conteúdo da Wiki, que no meio virtual é difícil vislumbrar.

    E o “se” hipotético da frase já diz tudo… pelo bem das incontáveis árvores que seriam necessárias para tanto papel, é melhor continuar a consultar a Wiki virtualmente, mesmo.

  2. Que bom q ela é online, pois seria um desperdício de papel e de recursos.
    Seria um adeus a hipertextualidade.
    Regresso.

  3. Meu Deusssssssssssssssssss …

    Já pensou andar pra cima e para baixa com essa Wikipedia, a CDD, a CDU e o AACR2 ?!?!??!

    Velei me cristo!

  4. Menino, você poderia aproveitar esse “assento” que ficou o teu livro, pegar um paninho com água, limpar bem esse tênis. Nossa, se para construir a impressão disso teve anta sujeira num sapato, imagine se fosse uma enciclopédia tipo Barsa, estaria o mundo sujo!

  5. Em uma sociedade onde os livros são queimados, o conhecimento sobrevive quando há um meio como a wikipedia de guardar e transmitir o conhecimento.
    Essa foto é interessante,e sempre existira quem se importe mais com um cisco no olho que com a paisagem.
    Para os futeis que colocaram o tenis como objeto em questao,deixo uma dica…vao ler um ivro!

  6. Não sei se isso seria possível. A pessoa podia demorar até a morte para escrever…A não ser que ela revesasse com outras pessoas! HSUAHSU Beijus

  7. Com uma taxa de 600 palavras por minuto, vinte e quatro horas por dia, uma pessoa podia ler palavras quase 27 milhões em um mês. No mês de julho de 2006, Wikipedia cresceu mais de 30 milhões de palavras. Sendo assim, é improvável que qualquer leitor única de ler todos os novos conteúdos da Wikipedia.
    Com tudo isso um livro desse é feito a cada 24 horas.
    @felipescc

Deixe uma resposta