Centro Cultural São Paulo – Biblioteca Sérgio Milliet

Na última vez que estive em São Paulo dei uma passada no CCSP. Queria ter tirado mais fotos, mas uma das bibliotecárias me abordou e disse que eu não deveria tirar fotografia do espaço sem antes consultar os usuários (direito de imagem). Como havia centenas de pessoas, eu não quis me dar o trabalho.

Mas o CCSP é um dos espaços que eu mais gosto no Brasil. Em termos de proposta cultural não deixa a desejar nenhum país com IDH alto.

Eu sei que as pessoas que moram em São Paulo poderão dizer “ah, mas deveria ser melhor…”, mas acreditem, o sistema de bibliotecas públicas de São Paulo é o melhor do país. Eu já morei aí, eu já visitei bibliotecas públicas de quase todas as capitais do Brasil, e São Paulo é mesmo, um país a parte.

As poucas fotos que eu tirei servem só pra mostrar a arquitetura. Mas o acervo é campeão.

5 pensamentos em “Centro Cultural São Paulo – Biblioteca Sérgio Milliet”

  1. Acredito que a maioria dos estudantes de São Paulo temos uma relação carinhosa com o CCSP : )
    Não sei quando se vc conheceu anteriormente a(s) Biblioteca(s) do CCSP, Moreno, mas foi muito boa a reorganização do espaço (acho que em 2008…). Ela retomou a ideia original de ter uma Praça das Bibliotecas ao invés de acervos isoalados — o acho que casa direitinho com a arquitetura ampla, a vista aberta, as rampas etc e tal.

  2. Que bacana sua observação…moro perto e tenho só boas lembranças da época de colégio, faculdade!! Como ponto de encontro funciona muito bem, pois dá pra chegar mais cedo que o combinado e “viajar” pelo acervo!!

  3. É isso aí Moreno, no último Seminário Sistema Municipal de Bibliotecas Públicas de São Paulo, teve uma palestra sobre Bibliotecas Comunitárias e esta trouxe a última pesquisa estatística de Bibliotecas Públicas Brasileiras e o Sistema de São Paulo se sobresai como o melhor, mesmo com todas as burocracias desconcertantes e muitas vezes inoperantes e o Centro Cultural realmente é um lugar agradabilíssimo,me sinto muito bem lá, adorooo.

Deixe uma resposta