Pós CBBD 2011

Depois do Post bacana da Vivi, quero só registrar algumas observações sobre o evento:

Assim como todos os comentários no post anterior, acho muito estranho ter tido uma baixa presença nas redes sociais. Eu esperava uma presença forte, mas não ocorreu. E não acho que seja só a falta de wifi, mas não sei explicar.

O meu foco de participação foi no II Fórum do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas. Além da percepção de que o Sistema está realizando políticas públicas que julgo importante, foram feitos dois anúncios principais:

– A abertura de um edital no montante de 15 milhões de reais destinado a aquisição de acervo para as Bibliotecas Públicas do País. Dentre as novidades deste edital, serão aceitos as solicitações de todas as bibliotecas, variando o volume investido de acordo com o tamanho da população e seu IDH e as bibliotecas locais receberão um cartão que poderão usar para realizar a aquisição dos livros de sua preferência.

– Criação de um Cadastro Nacional de Bibliotecas, coordenado pelo Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas. Esta é uma questão importante, pois irá direcionar toda uma nova política para as Bibliotecas do país. É importante ressaltar que existe um decreto federal que proíbe o repasse de verbas a municípios sem bibliotecas, o que torna importante nossa participação e contribuição para que este cadastro se torne uma realidade. Este cadastro estará disponível na Internet e deverá contar com a colaboração de todos os bibliotecários. (Pelo visto, o nosso Bibliotecas do Brasil deve ser descontinuado)

Em relação ao curso a distância, vi que ainda não tem uma data definida, mas o processo está bem avançado. Não deu para anotar tudo, o jeito é torcer para disponibilizarem as apresentações dos palestrantes.

E olhem como ficou a rede de seguidores do @cbbd2011 depois do evento:


Clique na imagem para acessar o PDF.

Nos vemos em Floripa, em 2013.

6 pensamentos em “Pós CBBD 2011”

  1. Achei estranho também a pequena repercursão nas redes sociais!
    Não pude ir, mais uma vez, e tentei acompanhar o que acontecia e o número de twitts e mensagens no Facebook foi mínimo.
    Pensei q todo o pessoal estava mesmo é na praia! rs
    Abs,
    William

    1. Apesar de todas as tecnologicas de comunicação, infelizmente não tinhamos acesso por wi fi no evento, apenas alguns computadores fornecidos por alguns estands, o que tumultuava muito. Eu mesma fiquei se me comunicar pela net, mal enviei notícias pelo celular. Nesse ponto acho que deixou a desejar por que procurei conexão e simplesmente não tinha nenhuma rede aberta disponível.

  2. hum realmente o evento foi muito bom, os relatos, as plenárias, as exposições, os stands, a biblioteca modelo, os contatos, o reencontro de amigos e colegas do país inteiro, as praias e corais, enfim até o forró no Lampião foi bom 🙂
    Em 2013, se o CBBD vier para Floripa, o wi-fi posso garantir, o difícil vai ser bater esta última edição do CBBD que foi boa demais!
    Um biblioabraço a todos !!!

  3. Realmente o CBBD em Maceió foi muito bom é uma pena a gente não poder assistir a várias palestras simultaneamente.
    Algo de negativo foi a grande ausência dos palestrantes inscritos para a devida apresentação de seus trabalhos, o que a meu ver provocou sérios transtornos.
    Até 2013, espero estar presente.
    Claudineide Teles

Deixe uma resposta