Metadados no DSPACE 2: Configurando o input-forms.xml

Para configurar o DSPACE 3.1 (só vale para essa versão, em outras, algumas funcionalidades não estão disponíveis) para suprir as reais necessidades de sua instituição, é necessário configurar o formulário de submissão. O arquivo que deve ser configurado é o dspace > config > input-forms.xml :

É um arquivo xml que possui a seguinte macro estrutura:

[code language=”xml”]
<input-forms>
<form -map>Onde se realizam os mapeamentos do tipo de formulário com as coleções</form>
<form -definitions>Onde devemos construir os formulários</form>
<form -value-pairs>Onde se armazenam listas para serem usadas em formulários</form>
</input-forms>
[/code]
O form-definitions é onde podemos criar os diversos tipos de formulários, ele tem que estar na seguinte estrutura
[code language=”xml”]
<form name="tipologia do documento">
<page number="1"><!– Caso queira paginar o formulário –>
<field>
<dc-schema>dc</dc> <!– Esquema utilizado. Todos os metadados DEVEM estar definidos em metadados no painel de controle –>
<dc-element>contributor</dc><!– Elemento do metadado –>
<dc-qualifier></dc><!– Qualificador do metadado –>
<repeatable>false</repeatable><!– Se é um campo repetitívo –>
<label>Instituição</label><!– Nome que irá aparecer do campo no formulário de submissão –>
<input -type value-pairs-name="contributor"/>dropdown<!– Aqui podemos definir o tipo de formulário a ser usado e se ele vai buscar os dados do value-pairs –>
<hint>Nome da instituição que foi produzido o trabalho</hint><!– Ajuda que irá aparecer no formulário –>
<visibility>workflow</visibility><!– Se estiver escrito workflow, este campo só aparecerá na etapa de edição de metadados, se não, não é preciso colocá-lo –>
<required>Preenchimento obrigatório</required><!– Se estiver preenchido, será transformado em campo obrigatório –>
</field>
</page>
</form>
[/code]

Você deve preencher quantos fields forem a sua necessidade.

O input-type possui as seguintes opções:

onebox – Uma caixa de texto simples.
twobox – Um par de duas caixas de texto simples.
textarea – Caixa de texto com várias linhas, para usar em, por exemplo: resumo.
name – Nome pessoa, será salvo no formato ‘Sobrenome’, ‘Nome’
date – Data. Necessita ao menos que o ano seja preenchido.
series – para valores de fascículos/número. São salvos em valores separados por ponto e vírgula.
dropdown – Escolha do valhor em uma lista “drop-down”. Esta lista deve estar definida em form-value-pairs e o nome deve remeter a essa lista.
qualdrop_value – Usado para listar qualificadores para o campo. É necessário que estes valores estejam em uma lista definida em form-value-pairs.
list – Campo de escolha de valores por checkbox ou radio button list. Se for repetitivo, uma lista de checkboxes é exibida. Se não for, uma lista de radio buttons será exibida. É necessário que estes valores estejam em uma lista definida em form-value-pairs.

Para maiores informações, consulte a documentação oficial: Submission User Interface

Em breve escrevo um post sobre o controle de autoridades mais complexo que a versão 3.1 possui.

2 pensamentos em “Metadados no DSPACE 2: Configurando o input-forms.xml”

  1. Bom dia!

    Estou iniciando junto a biblioteca da instituição a implantação do Dspace. Sou da equipe de informática e não tenho muita experiência com XML. Estou tentando customizar o tema mirage e tenho tido algumas dificuldades.
    Veja abaixo o código do arquivo news-xmlui.xml, quando deixo a tag em branco, o texto passa a ter o estilo do cabeçalho. Não consegui entender o porquê?
    E as tags , , , , e como são utilizadas?
    Ficaria muitíssimo grata se você pudesse me orientar.

    ?xml version=”1.0″ encoding=”UTF-8″ ?>

    A Biblioteca Virtual de Produção Científica tem como objetivo permitir o acesso integral à produção intelectual dos pesquisadores da instituição, preservar a memória científica gerada ao longo dos anos, fomentar a pesquisa científica na área de geociências e demais áreas do conhecimento, permitir o livre acesso às publicações dos autores-pesquisadores da instituição e, desta forma, estar em consonância com o Movimento Internacional de Acesso Livre à informação científica.

  2. Ops, escrevi o código sem caracter especial e o texto ficou incompreensível.
    Ai vai o código:
    Veja abaixo o código do arquivo news-xmlui.xml, quando deixo a tag <head></head> em branco, o texto passa a ter o estilo do cabeçalho. Não consegui entender o porquê?

    E as tags <options/>
    <meta>
    <userMeta/>
    <pageMeta/>
    <repositoryMeta/>
    </meta> como são utilizadas?

    ?xml version="1.0" encoding="UTF-8" ?>
    <document xmlns="http://di.tamu.edu/DRI/1.0/&quot; xmlns:i18n="http://apache.org/cocoon/i18n/2.1&quot; version="1.1">
    <body>
    <div id="file.news.div.news" n="news" rend="primary">
    <head></head>
    <br/>
    <p>A Biblioteca Virtual de Produção Científica tem como objetivo permitir o acesso integral à produção intelectual dos pesquisadores da instituição, preservar a memória científica gerada ao longo dos anos, fomentar a pesquisa científica na área de geociências e demais áreas do conhecimento, permitir o livre acesso às publicações dos autores-pesquisadores da instituição e, desta forma, estar em consonância com o Movimento Internacional de Acesso Livre à informação científica.
    </p>
    </div>
    </body>
    <options/>
    <meta>
    <userMeta/>
    <pageMeta/>
    <repositoryMeta/>
    </meta>
    </document>

Deixe uma resposta