Qual é a diferença entre bibliometria, cientometria, infometria, webmetria e altmetria?

Bibliometria – “A aplicação da matemática e métodos estatísticos para livros e outras mídias de comunicação” (Pritchard, 1969, p 349). Esta é a área original de estudo que abrange livros e publicações em geral. O termo “bibliometria” foi proposto pela primeira vez por Otlet (1934; cf. Rousseau, 2014).

Cientometria – “Os métodos quantitativos da pesquisa sobre o desenvolvimento da ciência como um processo informacional” (Nalimov e Mulcjenko, 1971, p. 2). Este campo concentra-se especificamente sobre a ciência (e as ciências sociais e humanas).

Infometria – “O estudo da aplicação de métodos matemáticos para os objetos da ciência da informação” (Nacke, 1979, p 220). Talvez o campo mais geral que abrange todos os tipos de informações, independentemente da forma ou de origem (Egghe, L. & Rousseau, 1988).

Webmetria – “O estudo dos aspectos quantitativos da construção e utilização de recursos de informação, estruturas e tecnologias na Web baseado em abordagens bibliométricas e infométricas (Björneborn & Ingwersen, 2004, p 1,217; Thelwall & Vaughan, 2004). Este campo refere-se principalmente a análise de páginas da web, como se fossem documentos.

Altmetria – “O estudo e uso de medidas de impacto acadêmico com base na atividade em ferramentas e ambientes on-line” (Priem, 2014, p 266). Também chamado de cientometria 2.0, este campo substitui citações de periódicos com impactos em ferramentas de redes sociais, tais como visualizações, downloads, “curtidas”, blogs, Twitter, Mendelay, CiteULike.

Referência:
MINGERS, John, LEYDESDORFF, Loet. A Review of Theory and Practice in Scientometrics. arXiv:1501.05462 (2015).

5 pensamentos em “Qual é a diferença entre bibliometria, cientometria, infometria, webmetria e altmetria?”

  1. olá,

    muito interessante. obrigado pela partilha.
    sou técnica de biblioteca e desconhecia estes termos.

    Maria Sousa

  2. Um dado adicional para quem deseja aprofundar no tema. O professor Salvador Gorbea, do Instituto de Investigaciones Bibliotecológicas y de la Información – IIBI, chama a este conjunto de Métricas da Informação e do Conhecimento Científico (MICC). Podem assistir a sua palestra neste link: https://youtu.be/L8nsIiKT7vA

  3. Además de mencionar los Estudios Métricos de la Información (EMI) menciona un término llamado Archivometría en la teoría, ya para el año 2011 desde brasil lo realizan de forma práctica.

Deixe uma resposta