Guia do usuário do Koha

O Koha é o primeiro software livre de Gestão de Bibliotecas e para mim o mais completo da atualidade. Ele tem todas as principais funcionalidades de um grande software. O IBICT está auxiliando Bibliotecas no país que queiram utilizar o software e um dos principais caminhos foi a criação de um Guia do Usuário. É parte do projeto do IBICT com a Secretaria Nacional da Juventude, mais especificamente da Coordenação de Articulação, Geração e Aplicação de Tecnologia (COAT), que o grande Milton Shintaku coordena. Foi concebido pela fantática equipe: Ingrid Schiessl, Jaqueline Rodrigues, Diego Macêdo, Priscila Rodrigues. Eu só dei uma pequena contribuição, mas agradeço a parceria.

Aproveitem, e fiquem a vontade para conversar comigo ou com a equipe do IBICT sobre o Koha. Um software livre que possibilita uma melhora nos serviços prestados pelas bibliotecas. Eu pude participar da implementação dele na Prefeitura de São Bernardo do Campo e os resultados foram bastante positivos. Espero que outras instituições, que estejam pensando em mudar de sistema, ou adotar um, possam considerar esta ferramenta.

O Guia do usuário do Koha pode ser baixado em:

http://bibjuventude.ibict.br/jspui/handle/192/170

Ou caso queiram a versão impressa, podem retirar no IBICT, em Brasília.

10 pensamentos em “Guia do usuário do Koha”

  1. Por favor, gostaria de receber o link onde posso download o software Koha. Aguardo sua resposta
    Obrigada

  2. Tiago,
    Estou organizando uma biblioteca de uma empresa privada, que espero que cresça. Hoje a coleção possui cerca de 10.000 títulos. O acervo não é novo porém é bom. A biblioteca, a princípio, será de acesso a apenas ao setor jurídico. Minha dúvida está na escolha do software livre para a gestão da biblioteca. Vejo que o Koha é mais cotado no momento. Porém, há o Biblivre, Openbiblio … O que você me sugere para a tomada de decisão?

  3. Tiago, eu sei que o assunto aqui é Koha, mas eu preciso te fazer uma pergunta que de certa forma não foge muito do assunto já que o Koha é um software de automação de bibliotecas, é o seguinte: Estava lendo alguma coisas sobre computação em nuvem e caí num debate de vocês do ano de 2010, nesse supracitado debate alguns eram mais céticos quanto à computação em nuvem porque a classe dos bibliotecários seria conservadora, outros eram otimistas e até fizeram até uma projeção do futuro de que a computação em nuvem “engoliria” o velho modelo de licenciamento consolidado por softwares como o Pergamum, Sophia e outros. Passados sete anos ( Estamos atualmente em 2017) será que houve alguma evolução da computação em nuvem no meio biblioteconômico? Sou estudante de biblioteconomia e ainda cru sobre o assunto.

    1. Alair, estamos avançando bastante em relação a computação em núvem. A maioria dos softwares já roda na núvem, e muitos dos principais modelos de negócios atualmente são baseados em soluções na núvem e principalmente, em SaaS (Software como serviço). Você pode acompanhar como anda o mercado em: https://librarytechnology.org/

  4. Alair, estamos avançando bastante em relação a computação em núvem. A maioria dos softwares já roda na núvem, e muitos dos principais modelos de negócios atualmente são baseados em soluções na núvem e principalmente, em SaaS (Software como serviço). Você pode acompanhar como anda o mercado em: https://librarytechnology.org/

Deixe uma resposta