FOLIO – O Futuro das Bibliotecas é aberto – Software livre para bibliotecas

O mercado de softwares livres de biblioteca já possui boas opções como o PMB e o Koha. Mas está sendo desenvolvido pela The Open Library Foundation um Software Livre que representa um novo conceito em softwares de biblioteca: o FOLIO, que é uma Library Services Platform (LSP – Plataforma de serviços para bibliotecas).

Para entender, é necessário comparar com o conceito anterior, o Integrated Library System (ILS). ILS são softwares que integram diversos módulos, mas cada um com uma função exclusiva. Por exemplo, num ILS, existe um módulo de catalogação, um de aquisições, um de circulação… Uma Library Services Platform (LSP) funciona de maneira diferente, a melhor comparação é com o Android, uma plataforma em que podem ser instalados diversos aplicativos que executam funções não exclusivas. Por exemplo, pode se ter um modulo de catalogação em MARC, mas também outro módulo de catalogação em Dublin Core, outro em BIBFRAME. A vantagem é poder montar o software de acordo com as necessidades da instituição, e não o contrário, em que a instituição tinha que se adaptar ao ILS.

Por se tratar de um conceito diferente, muitas serão as vezes que estranharemos usar um novo sistema:

  • Seu foco não é o MARC, é o Folio CODEX.
  • Não tem GUI, é tudo na nuvem.
  • Não tem OPAC, a instituição pode escolher o frontend que mais lhe atende.
  • Não tem reload, é um webapp.
  • Gerencia recursos eletrônicos e físicos, separadamente e tudo junto
  • Totalmente modular, inclusive permitindo retirar módulos que não são utilizados
  • Sim, pode ter mais de uma forma de cadastrar um registro, inclusive mais de um editor MARC, por exemplo. Ah, ele pode usar o MARC, apesar de não ter foco nele.

Uma ressalva bem importante: será um software livre bastante robusto e por isso, demandará uma infraestrutura de servidor bem robusta. E ainda, é sempre importante lembrar que ao contrário de um software proprietário, o software livre exige conhecimento técnico pela equipe de informática. É sempre importante lembrar que não se investe recursos em aquisição, mas é importante investir na capacitação da equipe.

O FOLIO permite que nós bibliotecários tenhamos uma oportunidade incrível de aprender como se constrói um software de biblioteca. Importante destacar que em todos os módulos, os bibliotecários foram protagonistas no desenvolvimento, participando de equipes multidisciplinares. Todo o processo está bem documentado (inclusive em um canal no Youtube), há diversas formas de interação… Há um texto completo de Como posso participar do projeto FOLIO?.

Por ser interativo, a tradução já está 100% em Português do Brasil. Foi feita por voluntários que se inscreveram no projeto

Tá curioso? Quer testar:

Você pode testar a demo da versão bellis (q1-2019) do FOLIO aqui: diku_admin (username) / admin (password)

Tem alguma dúvida, deixe um comentário.

UPDATE:

Haverá 3 eventos para divulgação do FOLIO para a comunidade bibliotecária no Brasil. Uma oportunidade boa para conhecer não só o software, mas o contexto por trás:
São Paulo – USP – 7 de maio de 2019
Porto Alegre – UFRGS – 8 de maio de 2019
Brasília – Biblioteca Nacional de Brasília – 9 de maio de 2019

Um comentário em “FOLIO – O Futuro das Bibliotecas é aberto – Software livre para bibliotecas”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.