Como foi a experiência de participar do Open Repositories 2022

Como foi a experiência de participar do Open Repositories 2022

Recebi no meu e-mail a informação de que haveria bolsas de participação na conferência Open Repositories 2022. Muitos eventos internacionais mantém bolsas para aumentar a diversidade. A inscrição foi simples: preencher um formulário em inglês (obrigado google tradutor) com perguntas de como o OR2022 iria ajudar no seu desenvolvimento profissional e como eu poderia compartilhar o conteúdo do evento. Recebi no meio de março um e-mail do comitê organizador de que fui um dos selecionados. \o/

#PartiuDenver

Denver é uma cidade bem organizada. Mas fiquei encantando mesmo pelo campus Auraria, que hospeda 3 universidades: University of Colorado Denver (CU Denver), Community College of Denver (CCD) e Metropolitan State University of Denver (MSU Denver).

O evento foi hospedado pela University of Colorado Denver.

#OpenRepos2022

O Open Repositories é o evento mais importante da área de repositorios no mundo. Neste ano, por conta da pandemia, não estava muito cheio, mas teve representantes de muitos países:

O predio foi o Student Commons Building. Eu adorei o conceito de um prédio com equipamentos comuns para os cursos, como os auditórios grandes e médios:

Não consigo descrever a complexidade de palestras e seus conteúdos, mas vocês podem acessar o repositório oficial do Open Repositories no Zenodo: https://zenodo.org/communities/openrepos. E a tag oficial do evento no twitter: #OpenRepos2022.

Minhas impressões: É muito, mas muito legal mesmo estar em um lugar onde estão as pessoas que acompanhamos por e-mail nas listas de discussões sobre os softwares de repositórios. São as pessoas que fizeram os repositórios, os softwares ou as políticas que nos baseamos. O impacto inicial foi grande, consigo agora ver rostos nos e-mails. Consegui conversar com alguns deles, mas bem pouco, devido a limitação do idioma.

Para mim a melhor palestra foi a palestra de encerramento, do Kyle K. Courtney. Foi uma palestra de como os repositórios podem interpretar a lei de direitos autorais. Era focado no contexto dos Estados Unidos, mas para mim valeu, para que eu possa comparar com o nosso contexto e ver como a lei dos Estados Unidos protege mais as bibliotecas do que a brasileira.

O próximo será em Stellenbosch na Africa do Sul em 2023. Acompanhem as bolsas, quem sabe você não possa ir no #OpenRepos2023


2 respostas para “Como foi a experiência de participar do Open Repositories 2022”

  1. Muito legal, Tiago!
    Um dia quero participar de algo assim 🙂

    Provavelmente vamos começar a trabalhar mais com repositórios, hoje pe algo que não acompanho tanto como a área de periódicos e preprints.

Deixe um comentário para Bete Neves Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.