Como trazer as crianças para biblioteca?

Olá pessoal!

No ‘Fala, Bibliotecária’ dessa semana resolvi falar de um tema bem importante: incentivo à leitura para crianças. Essa nova geração, com todos os meios de informação tão acessíveis, anda complicada para focar a atenção em algo. Então precisamos nos renovar e pensar juntos como melhorar nossa mediação!

 

Vamos falar sobre doações em bibliotecas?

O ‘Fala, Bibliotecária!’ dessa semana é sobre doações, descarte e sobre por que a biblioteca não pode aceitar qualquer coisa. Resolvi trazer essa discussão porque uma boa política de aquisições pode resolver muitos problemas e evitar conflitos. Falei um pouco também sobre o que pode ser doado e o que muitas vezes é impossível a biblioteca aceitar.

O que é um artigo científico?

Nessa semana no ‘Fala, Bibliotecária’ resolvi falar sobre artigos científicos. Parece ser tão óbvio, não é? Por isso mesmo. Escolhi o tema para dar uma explicada geral, falar de Capes, de organização de ideias e de estrutura. De quebra tem até uma ajudinha para quem está começando a desbravar esse universo e para quem está se preparando para os TCCs da vida.

Vamos falar de Biblioteconomia e Ciência da Informação?

No dia do bibliotecário resolvi trazer uma discussão que considero importante: as diferenças entre Biblioteconomia e Ciência da Informação. Vejo muita gente rivalizando cursos, brigando por qual é melhor, mas sentar e conversar que é bom não tinha visto nada. Então fiz algumas pesquisas e gravei, humildemente, esse vídeo para começarmos a conversar sobre o assunto.

Acho importante discutir e saber realmente o que diferencia um do outro. É um passo para nos enterdermos melhor e fortalecer nossa imagem profissional, caminhando para o reconhecimento.

Falando sobre livros nacionais: A maldição do olhar

No ano passado a Editora Biruta em parceria com o blog me enviou o livro ‘A maldição do olhar’, de Jorge Miguel Marinho. Aproveitando resolvi resenhar ele na estréia de um projeto onde, pelo menos uma vez ao mês, vou falar sobre literatura fantástica brasileira. Incentivo a nossa própria produção!