Graduação em Biblioteconomia à distância: quando?

Sempre vejo neste blog pessoas interessadas em cursar a graduação em biblioteconomia na modalidade à distância. Especialmente nos últimos anos, com a valorização da profissão, por um lado, e a escassez dos cursos, já que quase todos estão nas capitais dos estados, levando em conta que tem estados que não possuem o curso e muitos que contam apenas com um único curso.

Nada mais desejável, portanto, do que uma graduação à distância em biblioteconomia.

A legislação bibliotecária que trata disso é antiga demais.

De acordo com o parágrafo único do artigo 2º da LEI No 4.084, DE 30 DE JUNHO DE 1962:

Parágrafo Único – Não será permitido o exercício da profissão aos diplomados por escolas ou cursos cujos estudos hajam sido feitos através de correspondência, cursos intensivos, cursos de férias, etc.

Mas cursos à distância não podem ser considerados cursos menores como os citados. Já a LEI No 9.674, DE 26 DE JUNHO DE 1998

The Rocketeer film

, diz apenas:

Art. 3o – O exercício da profissão de Bibliotecário é privativo:

I. dos portadores de diploma de Bacharel em Biblioteconomia, expedido por instituições de ensino superior oficialmente reconhecidas, registradas nos órgãos competentes, de acordo com a legislação em vigor;

E então, bastaria que uma universidade ou faculdade oficialmente reconhecida, registrada nos órgãos competentes, oferecesse o curso, independentemente de ser à distância ou não.

De qualquer forma, ainda não vi nenhum curso de graduação em biblioteconomia à distância. Já está na hora de surgir algum.