Em tempos de crise, a Biblioteca pode auxiliar cidadãos a buscarem empregos – Definição de biblioteca

Dando continuidade ao post infinito sobre a definição de biblioteca, saiu no Detroit Free Press uma reportagem que demonstra que em tempos de crise, as pessoas procuram mais a biblioteca para procurar emprego (via Library link of the day). A Biblioteca disponibiliza acesso à internet e tem assinatura de jornais que trazem anúncios, mas também pode auxiliar as pessoas em relação na pesquisa por empregos em sites.

Lembro que aqui muitas vezes limitamos o acesso a sites e os de empregos vão junto na onda… temos um longo caminho pela frente…

Ainda algumas considerações sobre a definição de Biblioteca

No post Por uma definição de biblioteca tentei demonstrar a necessidade de uma nova visão do conceito de biblioteca. Acabo de ler um post ótimo do bibliotecário Dominique Lahary: Missions, fonctions, politiques publiques : pour une bibliothèque non unidimensionnelle

Neste post, ele nos mostra o que os bibliotecários pensam da definição da biblioteca: Manifeste de l’Unesco sur la bibliothèque publique, Les services de la bibliothèques publique : principes directeurs de l’IFLA-Unesco, Charte des bibliothèques.

Mas principalmente, argumenta que a biblioteca deve ouvir a comunidade e a partir disso, criar serviços que realmente façam a diferença nela. Ele nos dá o exemplo de um estudo que revelou que grande parte dos usuários a utilizam apenas como espaço físico, muitas vezes sem usar os serviços documentários. E com isso clama pela criação da uma política de cadeiras e mesas (além é claro da política documentária). Nos demonstra que devemos aceitar os usos do espaço pela comunidade, sem discriminação.

Cita uma função social de acordo com as diretrizes da Unesco:

“A biblioteca pública tem uma função importante como espaço público e lugar de reunião, particularmente nas comunidades em que existam poucos lugares onde os jovens possam se reunir.”