Livros que falam de livros!

Eu, além de bibliotecária, sou apaixonada pelas possibilidades que um livro oferece. Sempre achei fantásticas as histórias em que uma obra é parte central ou muito importante da trama, sempre existe um mistério envolvido que deixa o livro como um objeto precioso e cheio significados ocultos. Há um bom tempo tenho vontade de falar sobre essa temática de leitura tão amada: livros que tem em seu enredo principal livros. Gravei então esse vídeo mostrando os títulos que eu tenho na minha coleção e falei um pouco deles.

Quem souber de outros títulos diga nos comentários!

🙂

Dica/Resenha: Coração de tinta

Então chegamos no fim do ano! E com ele vem a maratona de amigos secretos e a lista infinita de presentes a se comprar. Aproveitando o momento, deixo aqui a resenha de um livro que é uma ótima opção para presente (e para pedir de presente! rs).

Eu adoro livros que falam sobre livros e esse é um dos melhores que já li! Lindo demais, ele resgata aquela magia da encadernação artística, do livro ser algo precioso e que desperta amor, sabe? Recomendo demais!

Criando (e melhorando) o hábito de ler

Há alguns dias fui convidada por Moreno Barros para ser colaboradora aqui no blog. A proposta era trazer para cá um pouco do trabalho que já realizo fora: vídeos com resenhas de livros e assuntos literários. O objetivo é trazer para o universo bibliotecário algumas dicas de livros que podem inclusive ajudar na avaliação de aquisições.

Aproveitei o dia de hoje para começar por aqui. Hoje é Dia nacional do Livro, e achei que nada mais justo do que começar com um vídeo que fiz há algum tempo com algumas dicas de leitura e como começar a criar esse hábito.

Pelo que vejo no meu dia a dia a leitura é algo crescente no mundo atual, não só pelas novas ferramentas que nos ajudam a ler como e onde quisermos, mas também pela ampla divulgação que canais e blogs têm feito. Ler está na moda, ainda bem!

Então é isso, estou bem feliz por estar aqui também. Em breve volto com outros vídeos e alguns textos.

Galeno Amorim é o novo presidente da Fundação Biblioteca Nacional

Foi anunciado nesta sexta-feira (21) o nome do novo presidente da Fundação Biblioteca Nacional.

Atualização: Veja também a entrevista A nova política do livro

O escritor e jornalista de Ribeirão Preto, Galeno Amorim é o novo presidente da Fundação Biblioteca Nacional. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (21), pela ministra da Cultura, Ana de Hollanda.
A Fundação Biblioteca Nacional abriga uma das mais tradicionais instituições de cultura do País, e também é uma das oito maiores bibliotecas do mundo.

Galeno Amorim é diretor do Observatório do Livro e da Leitura e considerado um dos maiores especialistas em políticas públicas do livro e leitura da América Latina. Foi responsável pela criação do Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL), dos ministérios da Cultura e da Educação. Na ocasião, dirigiu a área do livro e leitura na Fundação Biblioteca Nacional e no Ministério da Cultura. Criou e dirigiu programas como o Fome de Livro (para zerar o número de cidades sem bibliotecas), o Ano Ibero-americano da Leitura (VivaLeitura), a Câmara Setorial, o Prêmio Vivaleitura e a desoneração fiscal do livro, entre outros.

Galeno já presidiu o Comitê Executivo do Centro Regional de Fomento ao Livro na América Latina e no Caribe (Cerlalc/Unesco) e foi consultor de políticas públicas da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI) para a Educação, Ciências e Cultura, com sede na Espanha. Também integrou os conselhos estaduais de leitura dos estados de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Iniciou sua carreira pública em Ribeirão, onde foi secretário de Cultura. Criou, em 2001, a Feira do Livro de Ribeirão Preto, uma das maiores do País e a primeira Lei do Livro entre as cidades brasileiras. Em três anos, abriu 80 bibliotecas e aumentou seis vezes o índice de leitura da população.

Galeno Amorim é autor de 16 livros, entre ensaios e literatura infanto juvenil, com tiragem total de 350 mil exemplares. Entre as obras publicadas, estão Políticas Públicas do Livro e Leitura (OEI/Editora Unesp) e Retratos da Leitura no Brasil (Imprensa Oficial/Instituto Pró-Livro), com os resultados e análises da pesquisa do mesmo nome, que ele coordenou.

Ex-professor de Ética e Legislação no Jornalismo e diretor do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo nas décadas de 1980/1990, Galeno atuou durante mais de 30 anos no jornalismo. Trabalhou em O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Agência Estado e Rede Globo, entre outros.

Criou e dirigiu diversas instituições ligadas à área do livro e leitura, como a Fundação Instituto do Livro, a Fundação Feira do Livro e a Fundação Palavra Mágica, entre outros. Em 2006, liderou o Manifesto do Povo do Livro, entregue aos candidatos a presidente da República. Já recebeu diversos prêmios como personalidade do livro no País.

Fonte: http://eptv.globo.com/lazerecultura/NOT,2,2,332434,Galeno+Amorim+e+o+novo+presidente+da+Fundacao+Biblioteca+Nacional.aspx

Livros de biblioteconomia: lançamentos recentes

O livro: Documentos eletrônicos: fundamentos arquivísticos para a pesquisa em gestão e preservação foi lançado no dia 16 de dezembro de 2008 na Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa em Belo Horizonte, MG.

Ele pode ser adquirido na portaria do Arquivo Público Mineiro (http://www.cultura.mg.gov.br/?task=home&sec=5) ou através de contato com o Sr. Flávio no endereço eletrônico: apmcultural@yahoo.com.br.
Custo: R$20

Lançamentos de Briquet de Lemos / Livros:

DICIONÁRIO DE BIBLIOTECONOMIA E ARQUIVOLOGIA
Murilo Bastos da Cunha
Cordélia Robalinho de Oliveira Cavalcanti
Brasília: Briquet de Lemos / Livros, 2008
451 páginas
ISBN 978-85-85637-35-4
R$ 63,00

DIPLOMÁTICA E TIPOLOGIA DOCUMENTAL EM ARQUIVOS
Segunda edição revista e ampliada
Heloísa Liberalli Bellotto
Brasília: Briquet de Lemos / Livros, 2008
106 páginas
ISBN 978-85-85637-37-8
R$ 22,00

FONTES DE INFORMAÇÃO PARA PESQUISA EM DIREITO
Edilenice Passos
Lucivaldo Vasconcelos Barros
Brasília: Briquet de Lemos / Livros, 2009
170 páginas
ISBN 978-85-85637-36-1
R$ 31,00

Via Bib_Virtual

e mensagem do Briquet de Lemos, respectivamente.

Primórdios da imprensa e Gutenberg

A rede de bibliotecas da Universidade de Iowa criou o Atlas of Early Printing, um mapa interativo que apresenta os primeiros anos da imprensa no Séc. XV e a expansão da nova tecnologia em toda a Europa.

É bem legal, mas eu aprendi muito mais sobre a imprensa e Gutenberg assistindo The Machine that made us, disponível em 6 partes no You Tube.

Todos os livros do mundo, menos um

“Senhor livreiro” é um quadrinho de Darko Macan e Tihomir Celanovic sobre um livreiro que possui em sua loja todos os livros do mundo. Todos menos um.

Cuidado para não cair uma lágrima no final da história.

Estava esperando uma alma caridosa traduzir para o português. Aí vai, graças ao Eu Podia Tá Matando, clique na imagem para acessar os quadros.

todos os livros do mundo