Quando menos é mais

Sempre gostei muito da revista Documentaliste – Sciences de l’information que é publicada pela ADBS na França.
A melhor característica da revista a meu ver é ter uma editoração ativa, isto é, ela desenvolve um tema e chama especialistas da área para criar um número específico sobre este tema, quando não promove eventos para discussão desses temas e publica os relatórios desses eventos. É uma forma condensar o conhecimento e buscar o crescimento desse conhecimento. As nossas publicações são passivas, isto é, criam chamadas de trabalhos genéricas e esperam que os pesquisadores escrevam artigos e publicam uma lista de artigos que não tem nenhuma relação entre si. Isso faz com que quem queira acompanhar as publicações da área tenha que ler tudo e mesmo assim, achar inúmeros artigos falando a mesma coisa, não por plágio, mas por falta de comunicação mesmo. Seria interessante mudar esse quadro.

Confiram o sumário da última edição da documentaliste sobre Web 2.0 & information-documentation. Pena que a assinatura online seja muito cara.