1001 utilidades para o velho catálogo de fichas

Murilo se perguntou o que fazer quando os catálogos manuais de fichas catalográficas se tornam obsoletos e pediu sugestões. Como as minhas sugestões são muitas, segue aqui:

minibar catálogo

catalogo bar

bar biblioteca

catalogo

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

catalogo

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

catalogo

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

catalogo

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

catalogo biblitoeca

catalogo fichas

catalogo biblioteca

catalogo biblioteca

utilidades para as fichinhas

catalogo

fichas ctaalograficas

fichas catalograficas

fotos via Apartment Therapy | Poetic Home | Flickr

quem quiser comprar para fins de decoração, procure uma biblioteca que esteja se desfazendo dos catálogos. Nas bibliotecas privadas pode ser mais fácil conseguir do que nas públicas.

Até a LOC vende seus catálogos em leilão

Tem um memorial lindão da fichinha catalográfica, vejam a galeria

21 pensamentos em “1001 utilidades para o velho catálogo de fichas”

  1. Dissemine essa idéia! hua
    Hj não mt utilidade mesmo, com a internet ai, só os velhinhos com suas velhas fichinhas e seus velhos catalogos de fichas!

  2. Gente que criatividade me apaixonei por todas as finalidades dadas….maravilha!!
    Mas, é preciso identificar como conseguiu e o que foi a peça, não acham????

  3. Uso que a biblioteca da minha cidade faz desses catologos é ainda mais bizarro:
    CATALOGAÇÃO!
    Sim, pode parecer bizarro mas é exatamente para isso que eles a utilizam.
    Fichinhas de papel , gavetas, todas aquelas coisas que muitos provavelmente só viram em museus, eles aqui utilizam para catalogar o acervo.
    Tururururummm (musiquinha arquivo x)

  4. Então, acabo de liberar um desses armários de madeira. Não é tão bonito como esses, mas serve para algum biblio-artista.
    Quem disse que em biblioteca pública não arranja? Claro que os bonitos continuarão aonde trabalho…. por enquanto.
    William
    wokubo@prefeitura.sp.gov.br

  5. Pessoal, saudosista ou não, vale lembrar que o homem foi à lua, ruma a Marte…mas tudo porque um dia um bibliotecário chamado Arquimedes, numa biblioteca que ainda não possuía um catálogo como esses, mediu a Terra. Portanto, derivar para uso criativo sim, esquecer…jamais! Biblioteconomia continua sendo a área mais charmosa de todo o conhecimento organizado! Bjs Marfísia

Deixe uma resposta